Variedades 3 anos atrás | Colaboradores

Venci o Wedding Best 2017 e tive uma experiência incrível em Nova York

Depois de bater na trave em 2014 e 2016, em 2017 eu tive a minha vez.

por Revista FHOX

O Wedding Best é um concurso único no País em premiar o álbum de casamento em seu conjunto (fotos, diagramação e capacidade narrativa). É também a chance para os fotógrafos verem o que é tendência e estética de profissionais de todas as partes do Brasil. O grande álbum vencedor de 2017 foi criado por Vini Brandini, profissional formado em jornalismo, que abraçou a fotografia social há dez anos.

A edição 190 da FHOX traz um artigo completo escrito por Vini Brandini na editoria Casamento.

Ter um trabalho escolhido como o melhor álbum de casamento do Brasil já é um baita prêmio. Mas quando o concurso ainda oferece uma câmera e uma viagem ao vencedor, a coisa fica ainda melhor. Depois de bater na trave em 2014 e 2016, agora chegou a minha vez.

Em 2017, um dos prêmios do Wedding Best foi uma viagem para a cidade de Nova York, para uma visita a Photo Plus, uma das maiores e mais importantes feiras de fotografia do mundo. Teoricamente seriam três dias de viagem, mas acabei estendendo para uma semana, na companhia da minha esposa Pixu Novaes.

Foi a minha segunda vez em Nova York. E dessa vez combinamos que exploraríamos as ruas, com tempo e paciência para entrar em vielas, becos e parques. Dos sete dias que estivemos por lá, investimos praticamente dois dias inteiros no Brooklyn. Conhecemos Williamsburg, bairro que já se tornou um dos meus favoritos. Pegamos um belo pôr-do-sol no Brooklyn Bridge Park. Batemos perna pelo Village, Soho e Lower East Side. Subimos o High Line Park e visitamos o Chelsea Market, todo decorado para o Halloween. Voltamos ao Central Park, mas ao invés de repetir o clichê de zoológico e pinguins, fomos para o lado oposto. Num sábado assistimos a um jogo do New York Knicks pela NBA no Madison Square Garden. Exploramos restaurantezinhos ao invés de comer hamburgueres, pizza e hot dogs. Descobrimos um restaurante indiano sensacional em frente de “casa” e também visitamos um grego, um mexicano, um francês, um irlandês e um italiano. Afinal, estávamos na capital do mundo.

No último dia visitamos a Photo Plus. Quem nos acompanhou foi o Tchô Moioli, da Fotolab Álbuns, uma das responsáveis pelo Wedding Best. A feira é grande. Visitamos quase todos os expositores. Da parte de encadernadoras e álbuns, destaco a Renaissance. Da parte de equipamentos, tive o prazer de testar a nova Nikon D850, considerada por muitos como a melhor DSLR da atualidade. A câmera é muito rápida e precisa. Além das marcas, a feira contou com interessantes exposições fotográficas, como a Perspectives, resultado de um concurso fotográfico apoiado pela Fhox, com participação do Leo Saldanha, um dos líderes da Fhox, no júri.

Voltamos para o Brasil com muitas bolhas nos pés e com a cabeça cheia de inspirações e ideias que Nova York incita. Na bagagem, uma nova objetiva Nikon 28mm 1.4E, que usei em praticamente todas as fotos que fiz com a minha câmera. No único dia em que choveu, optei por sair somente com meu celular, mas nem por isso deixei de clicar e aproveitar tudo que a cidade ofereceu.

Confira na galeria abaixo toda a experiência que vivemos em Nova York.