Variedades 1 ano atrás | Rafael Arruda

Mobile Marketing

Rafael Arruda é especialista em marketing digital e diretor da Soul + Digital.

por Revista FHOX

Aproveitando o tema da capa desta edição, vamos também falar de mobile. Porém não da fotografia mobile em si, mas do mobile marketing.

No Brasil, o segundo no ranking de usuários/hora no mundo, passamos conectados à internet em média nove horas e vinte nove minutos todos os dias. Isso quer dizer que: dos 365 dias do ano,
em 145 deles nós ficamos conectados à internet. E a maioria disso nos smartphones e gadgets mobile. Logo, onde você deve aparecer para seu cliente? No smartphone que ele carrega consigo todo o tempo.

Aqui temos então o marketing digital como um todo. “Aparecer no Google”, mídias sociais como
Facebook e Instagram, e até o e-mail marketing. Tudo isso utilizamos através da tecnologia mobile. É no mobile que seu cliente te acha.

Por isso, temos que pensar sempre no “mobile first”, ou seja, primeiro pensamos nas estratégias, layouts e campanhas para serem visualizadas no mobile. Vão aqui algumas dicas para te ajudar com seu marketing digital:

Seu site deve ser responsivo. Isto é, deve ser preparado para funcionar bem (e rápido) nos
computadores, tablets e smartphones. Se seu cliente te encontra pelo celular, abre seu site,
e ele não responde bem? Pode dar tchau para esse possível cliente. A não ser que ele já queira te contratar. Aí você também não precisa tanto do marketing de captação, afinal ele já irá de contratar.

Use, mas não abuse das campanhas de WhatsApp, dos grupos e listas de transmissão.
Trabalhe sempre com consciência, sem ser um propagador de spam. (tenho um post sobre isso
no meu Blog, no FHOX Online).

Mobile marketing.
Redes Sociais. Imagem: Free Pik.

Pense nas mídias sociais (Facebook e Instagram) para mobile. O Instagram é mais fácil nesse sentido, porque seu propósito inicial já é “mobile first”. Isso é pense (sempre) que seu cliente está no celular, e use dos botões de chamada e direção. Visto que pelo celular ele pode te ligar, enviar uma mensagem ou mesmo pedir direções por GPS para ir até você.

Vale também para perfis no Google Meu Negócio. Se não tem um, crie. Se já tem, complete com informações relevantes para seu cliente em potencial que vai te encontrar no Google e também pode querer te ligar ou mesmo pedir direções.

Essas foram algumas dicas que valem a pena ser seguidas. São bem simples, mas precisamos sempre estar atentos a esses detalhes, visto que são pontos chave para nossos negócios! Caso tenha alguma dúvida estou disponível no @rafaelarrudamkt.