Variedades 2 anos atrás | Redação

Fotografia, colagens e surrealismo no trabalho de Kensuke Koike

Conheça o trabalho criativo do artista japonês Kensuke Koike

por Revista FHOX

Resgatando fotografias descartadas e as transformando em novas imagens, o artista japonês Kensuke Koike surpreende com a sua criatividade.

Através do projeto “Single Image Processing” ele compartilha suas criações, feitas com bisturi e um processo interessante de colagens. Suas inspirações vem de fotografias antigas e cartões postais encontrados em mercados.

Koike reconstrói as imagens através de um processo de colagem, onde afirma que não há “nada adicionado” e “nada removido”.

As peças são nostálgicas para uma era pré-internet, quando o trabalho gráfico foi feito à mão e a criação foi um processo laborioso e hábil.

Quando os rostos flutuam das cabeças, às quais eles estavam ligados, e as pessoas se tornam aracnídeos terríveis que flutuam fora da página, você não deixar de notar o surrealismo com a qual Koike trabalha.

Leia também: O trabalho delicado e sombrio de Laura Makabresku

O artista começou sua jornada na manipulação de imagens usando suas próprias fotografias, mas achou o desafio de alterar uma imagem vintage mais atraente.

Em uma entrevista à LensCulture, ele comentou: “Eu queria tentar algo mais desafiador e aprofundar o significado de uma imagem. Mais risco significa que tenho que pensar duas vezes antes de cortar os originais, e isso é importante”.

Vale a pena conferir o trabalho do fotógrafo:

Kensuke Koike Kensuke Koike

O que você achou sobre o trabalho do fotógrafo Kensuke Koike? Conta para a gente, nós queremos saber! Tem alguma sugestão para fazer? Envie para redacao@fhox.com.br

Não deixe de conferir outros textos em nosso site.

FHOX, para quem vive de fotografia!