Variedades 2 anos atrás | Regina Sinibaldi

“Intervalos Acidentais”

Livro de Antonio Florence explora as artimanhas das luzes e sombras por meio de imagens abstratas

por Revista FHOX
Fotos: Antonio Florence

Um comentário sobre linguagem fotográfica, feito por um renomado fotógrafo, pode ‘mexer’ com a cabeça de um hobbista. Pois foi isso que aconteceu com Antonio Florence. Ele estava inscrito no workshop que o norte-americano Ralph Gibson deu na Galeria Leica, em São Paulo, em 2015. Ao mostrar sua produção proposta pela atividade, Florence – que é tetraneto Hercule Florence, um dos inventores da fotografia – ficou perplexo com os comentários de Gibson: “Sei por onde sua fotografia vai, e gosto desse caminho”.
Aquele dia foi marcante para Florence, que é advogado e atualmente mora em Lisboa, mobilizando-o a observar os efeitos da luz presentes no cotidiano, mas que muitas vezes passam despercebidos. Dessa pesquisa nasceu o livro “Intervalos Acidentais”, organizado por Eder Chiodetto e publicado pela Fotô Editorial. “O intuito é provocar sensações no espectador, controláveis apenas por ele, de modo a que ele reflita sobre si mesmo e o que lhe transmite prazer ou desconforto. O que tais imagens suscitam em seu íntimo”, diz o autor.
Perguntado se se considera um iniciante na fotografia autoral, Florence responde: “Sinceramente não sei o que me considero após o lançamento do livro. Minha única certeza é a de que um lindo e rico mundo novo se descortinou à minha frente. E isso me enche de satisfação e curiosidade”.

Ficha técnica
Autor: Antonio Florence
Editora: Fotô Editorial
Páginas: 72 páginas
90 reais (venda pelo site www.fotoeditorial.com/loja)