Conheça o ImageCon - Conferência do Imaginário

Hashtag: dez dicas da Camila Porto para usar a Hashtag com sabedoria

hashtag não é uma novidade no mundo virtual. Apesar de ter surgido no Twitter, hoje ela é utilizada em praticamente todas as redes sociais. No início era apenas uma forma de classificar assuntos no Twitter e encontrar quem falava do mesmo tema. Hoje até mesmo as empresas colocam a hashtag em suas postagens.

Mas você sabia que o uso de hashtags têm uma função? Há quem coloque hashtags em suas postagens apenas para “entrar na modinha” sem nem perceber que poderia usar isso a favor de seu negócio. Será que você sabe o que é hashtag e para que ela serve?

O que é a Hashtag:

Hashtag é a junção de duas palavras em inglês: hash, que significa jogo da velha e tag que quer dizer etiqueta. O símbolo # é muito conhecido – e assim chamado por várias pessoas – como jogo da velha, por mais que seu nome verdadeiro seja cerquilha. Ou sustenido, no caso dos músicos.

O fato é que podemos definir a hashtag como uma palavra ou frase antecedida pela cerquilha ou uma etiqueta virtual antecedida pelo jogo da velha. Mas por que uma etiqueta? Simples, pelo fato de que todo e qualquer assunto que utilize hashtags está categorizado e organizado. Afinal, a hashtag cria um hiperlink e quando você clica nele é direcionado para todas as postagens que também têm essa categorização.

Para que serve?

Apesar de darem um toque diferenciado a postagem, principalmente no Instagram, elas não são apenas um adorno. Seu principal objetivo é ajudar as empresas a alcançarem um público ainda maior. Além disso, servem também para classificar postagens, de forma a deixá-las categorizadas em um mesmo tema.

Imagine a seguinte situação: você precisa saber o que vem sendo publicado sobre cães vira latas. Basta digitar na busca #caesviralatas ou #SRD e você tem acesso a todas as imagens e posts feitos sobre esse tema. No Instagram, você tem acesso também a hashtags relacionadas, como é visto na imagem.

Para as empresas, a hashtag ajuda a descobrir o que vem sendo falado sobre um tema e a atingir novos públicos. Gerar vendas e descobrir o que seu público-alvo gosta também estão dentre as funções das hashtags.

O detalhe é que em cada rede social a hashtag tem uma finalidade diferente.

No Twitter o objetivo é a categorização de posts – tanto que temos os Trending Topics sinalizando os assuntos mais falados; no Instagram é a criação de comunidades e também a descrição curta de um conteúdo de foto ou vídeo; já no Facebook ainda não há uma definição para seu uso e reza a lenda que o uso de hashtags reduz o alcance das publicações #misterio.

Como usá-la?

O uso da hashtag é simples. Basta colocar a cerquilha (#) seguida de uma palavra, frase ou emoji que represente sua postagem. No entanto é preciso cuidado. Você não pode colocar qualquer palavra ou inserir hashtags que estão em alta.

Tudo que é colocado em uma postagem precisa se relacionar com o que ali está escrito ou exibido através de imagens e vídeos. Isso significa dizer que existem algumas “regras de bom uso das hashtags” e você irá contar muito com o bom senso na hora de fazer suas publicações. Dentre os principais cuidados ao usar a hashtag estão:

1. NÃO ESCREVER PALAVRAS DEMAIS EM UMA ÚNICA HASHTAG
#Vocênãoprecisaescreverumafraseenormeemumaunicahashtag

2. NÃO COLOCAR UMA HASHTAG PARA CADA FRASE OU PALAVRA
#você #está #fazendo #isso #errado

3. NADA DE EXAGEROS
Existe um limite para o máximo de hashtags que você pode colocar em uma postagem, para que ela fique bem apresentável. No Twitter e em outras redes sociais, o ideal é apostar em uma a três. Já no Instagram, você pode descrever mais detalhes usando essa ferramenta. Mas nada de exageros, foque sempre no que é essencial. Bom senso sempre!

4. APOSTAR EM HASHTAGS ESPECÍFICAS E NÃO APENAS NAS GENÉRICAS
Hashtags genéricas como #cachorro, #amor, #viagem podem ser utilizadas. Ainda assim, a dica é pensar em algo mais específico, que esteja ligado ao seu negócio e que facilite para as pessoas encontrarem você.
#FestasemCuritiba ou #MaquiagememCuritiba são mais específicos que #festas e #maquiagem

5. PESQUISAR QUAIS HASHTAGS SE RELACIONAM AO SEU CONTEÚDO
Usar hashtags não envolve apenas colocar na prática. Antes de começar a aplicar em seu negócio, você terá que fazer uma boa pesquisa. Primeiro liste palavras que representam o que você faz, em seguida busque nas redes sociais por elas com a hashtag.

Por exemplo, você é um autor independente que vende seus livros. Pesquise hashtags gerais como #livro, #autornacional #autorescuritibanos (ou de sua cidade), #literaturanacional e por aí vai.

6. CRIAR UMA HAHSTAG PARA SUA MARCA

Você já reparou o quanto é fácil buscar por postagens de uma determinada marca apenas pesquisando seu nome antecedido pela cerquilha? Então crie uma hashtag para sua marca, de forma que seus clientes saibam quem é você.

7. HASHTAGS QUE TEM A VER COM SUA POSTAGEM
Enquanto estiver pesquisando por hashtags, você vai ver várias que estão em alta, que são as que têm um alto volume de postagem naquele dia. Ainda assim, não as utilize apenas porque estão no Trending Topics (no Twitter) ou entre as mais buscadas nas outras redes sociais.

Tudo que você escrever precisa ter a ver com a postagem. Por exemplo, se você está falando sobre uma torta da sua loja pode usar hashtags como #tortademorango #delicia #atorta, mas não #FollowFriday ou #DiadoJornalista. Por mais que estejam em alta, não se relacionam com tortas.

8. TRABALHAR COM HASHTAGS DE LOCALIZAÇÃO
Ao invés de colocar apenas #Sorvete, porque não inserir #SorveteemCuritiba ou #SorveteemSP em sua postagem? Assim fica mais fácil para as pessoas saberem em que cidade seu negócio está localizado!

Essa dica vale inclusive para bairros: #SorvetenaPaulista #SorvetenoAltodaXV.

9. OLHAR AS HASHTAGS DA CONCORRÊNCIA
Quais hashtags seus concorrentes estão utilizando? Eles vêm obtendo retorno em curtidas e comentários? Observe as mais gerais e veja quais pode adicionar a suas redes sociais.

10. PESQUISAR SOBRE A HASHTAG ANTES DE POSTAR
Escolheu quais hashtags vão fazer parte da sua postagem? Pesquise um pouco o significado delas. Há casos em que hashtags são utilizadas de forma irônica ou negativa e você não deseja associar essa imagem ao seu negócio, não é mesmo? Então, pesquise sempre!

Com informações do site da Camila Porto