Participe do SIM. Semana do Imaginário Materno!


Fotógrafa usa autorretratos para lidar com isolamento e ansiedade

Lidar com a ansiedade e seus diversos sintomas – como depressão, nervosismo e isolamento-, não é algo fácil, mas a arte, de alguma maneira, pode ajudar as pessoas que enfrentam o problema todos os dias.

O encontro entre Monica Lazăr e a fotografia, mais especificamente os autorretratos, é um bom exemplo de como isso pode ser possível.

Foto: Monica Lazăr

Fotógrafa há quatro anos, Mônica explica que sua ansiedade fez com que fosse difícil passar o tempo com outras pessoas.  Isso a deixou, muitas vezes, isolada e depressiva. Mas a fotografia, em certo momento de sua vida, surgiu como instrumento de recuperação.

Foto: Monica Lazăr

Natural de Bucareste, na Roménia, a fotógrafa conta que suas fotografias deram-lhe uma nova forma de se expressar e comunicar. Isso fez com que ela se redescobrisse.

Leia também: Steph Wilson procurou explicar a ansiedade através de suas fotografias

“Desde o começo, a fotografia era como o ar, tão necessário naqueles momentos que eu me sentia afogada”, explica.

Foi a fotografia também que proporcionou o encontro de Monica e seu atual companheiro. Ele a ajuda em seus projetos fotográficos, fazendo alguns registros e criando histórias com o Photoshop.

“Toda imagem é uma emoção que experimentei. Um desejo ou um medo com o qual estou lidando”, diz ela. “Os autorretratos se tornaram a outra dimensão em que eu posso viver, e sou grata por isso.”

Foto: Monica Lazăr
Foto: Monica Lazăr
Foto: Monica Lazăr
Foto: Monica Lazăr
Foto: Monica Lazăr

Saiba mais sobre o trabalho da fotógrafa em seu site e suas redes sociais: Facebook | Instagram

Thalita Monte Santo
É jornalista e integra a redação da Revista FHOX. Escreva para: thalita@fhox.com.br