Wedding 3 meses atrás | Thalita Monte Santo

O que as noivas querem na fotografia de casamento

Camila Piccini e Rafael Karelisky falam sobre suas experiências com casamentos e apontam o que recebem de retorno das noivas quando o assunto é fotografia

por Revista FHOX

Quando o tema é casamento, a publicitária Camila Piccini é uma das Instagramers experts no assunto. Comandando o blog Say I do desde 2009, é fonte de referência para noivas em diversas partes do País. Só na rede social, ela possui mais de 160 mil seguidores.

Camila também é uma das atrações confirmadas para o próximo Congresso Fotografar, que vai acontecer nos dias 2, 3 e 4 de abril do próximo ano. Ela começou seu blog quando preparava o próprio casamento.

O que as noivas querem
Foto: Rafael Karelisky

O objetivo era “respirar matrimônios” e se equilibrar para não se estressar com os preparativos do seu. “Foi por isso que eu decidi focar no mercado de casamento”, explica ela. Camila também conta que na época ainda não existiam tantos blogs sobre o assunto como encontramos hoje.

Com a bagagem que foi adquirindo durante todo esse tempo, hoje ajuda noivas com dicas e inspirações. Com isso, também recebe muitos retornos sobre o que as mulheres esperam para o grande dia, inclusive no que diz respeito à fotografia.

O que as noivas querem
Camila Piccini, uma das principais Instagramers de casamentos no Brasil – Foto: arquivo pessoal

“Eu acho que a fotografia é meio que unânime, porque é a lembrança que fica. É algo que eu sempre falo, se você tiver que economizar em qualquer coisa, que não seja na foto e nem no vídeo. Porque depois você vai se arrepender”, diz.

Leia também: Congresso fotografar 2019: conteúdo de verdade e choque de realidade

Ela, como alguém que observa, analisa e entende de casamentos, enxerga que hoje os fotógrafos do segmento estão tentando inovar mais, mas revela que quem realmente se destaca são aqueles que conseguem ter um olhar diferenciado, sem deixar de fazer o clássico.

O que as noivas querem
Foto: Rafael Karelisky

“Tem algumas pessoas realmente muito boas, que trazem uma visão e certa sensibilidade. E é isso que deixa as noivas encantadas, que encanta no mercado de fotografia para casamento.”.

Para o fotógrafo Rafael Karelisky, o segmento é um dos que mais se renova. É ultra mutante e desafiador, entretanto não só para a fotografia, mas também para as assessorias, feiras, buffets, entre outros.

O que as noivas querem
Foto: Rafael Karelisky

“Quase todas as noivas com quem eu converso se surpreendem com o mercado, com o quão vasto ele é e com quantas opções ele tem. Quanto mais o tempo passa, mais ele se torna plural”, comenta Karelisky.

Ele ressalta que existe de tudo no registro da imagem, desde os fotógrafos que são megaclássicos até os que são super contemporâneos, como é o caso dele. Mas sua única e exclusiva preocupação é contar boas histórias. Karelisky acredita que isso é o mais importante e vai além das fotos estéticas.

“A fotografia tem que ter um porque, precisa dizer algo, para daqui há 30 anos ter o seu valor amplificado. Ela tem que ser transparente, do sentido de que vai fazer as pessoas enxergarem através dela as suas memórias reais”, concluí.