Portfólio 1 mês atrás | Leo Saldanha

Uma bela série sobre bailarinas e flores

A relação delicada entre a bailarina e a flor

por Revista FHOX

A fotógrafa russa Yulia Artemyeva criou um projeto fotográfico que compara bailarinas com flores. Na visão dela uma analogia que faz todo sentido. Isso porque são belezas que duram pouco. As bailarinas russas trabalham no máximo até os 38 anos. Para Yulia os movimentos da bailarina e da flor são delicados e demonstram uma bela fragilidade. Yulia vive e trabalha na cidade russa Nizhny Novgorod.

Yulia criou a série com só 13 fotos. Um projeto que já tem alguns anos e que contava com menos fotos. Ela decidiu expandir com mais algumas fotos para expressar toda a sensibilidade que ela queria expressar. Esse trabalho da fotografa traz várias inspirações. Primeiro porque é uma série autoral com propósito. Já que Yulia era bailarina e apaixonada pela dança. Ela encontrou uma forma de se expressar e juntar duas paixões. Balé e fotografia. A ideia virou exposição e repercute em vários países. Tem outra lição da escassez. Pois essas fotos são limitadas, únicas e isso adiciona mais valor ao projeto. Unir coisas que gostamos para criar algo valioso e que comunica muito com fotografia.

Se precisar de ajuda e orientação conte com o R.U.M.O. da Escola de Negócios Fhox. E assim comece 2020 com o marketing no rumo certo!