Autoral 3 anos atrás | Diogo Amorim

Fotógrafo português recebe o prêmio máximo do Travel Photographer of the Year 2016

Joel Santos fez imagens incríveis com um drone sobre um vulcão na Etiópia e um portfólio “íntimo e sensível” sobre os pescadores do lago Bosumtwi, no Gana

por Revista FHOX

Em 2015, Joel Santos já deixou a sua marca na competição, ganhando o prêmio de melhor imagem na categoria “água”, com uma fotografia que retratava uma caravana de camelos refletida em um espelho d’água em um deserto de sal, na Etiópia. Esse ano porém, o fotógrafo regressou a competição elevou o prêmio máximo.

“Foi com uma enorme honra que recebi esta notícia. É imensamente positivo ver o nosso trabalho reconhecido por um dos mais prestigiados prêmios internacionais”, disse Joel Santos esta quarta-feira no Facebook, depois dos vencedores desse ano serem anunciados.

Após ter o seu portfólio definido pelo júri como “uma notável diversidade nos temas, na técnica e nas sensações”, Joel ultrapassou candidatos de 123 países, com seus trabalhos sobre o continente africano, e foi o primeiro português a conquistar o prêmio.

O primeiro portfólio, submetido na categoria “Terra, Mar, Céu”, é composto por quatro fotografias áreas que retratavam um vulcão da Etiópia. Esse fato já representou uma estreia, já que foi a primeira vez que uma imagem feita por drone conquistou o prêmio máximo.

O segundo trabalho, na categoria “Viagens e Aventuras”, levou uma “perspectiva sensível e íntima sobre a vida dos pescadores no lago Bosumtwi, no Gana”, segundo o júri da competição.