Autoral 4 meses atrás | Regina Sinibaldi

SÉRGIO JORGE – 60 ANOS DE FOTOJORNALISMO

Livro chega para enriquecer a história do fotojornalismo brasileiro

por Revista FHOX

Foi por meio de um financiamento coletivo que o fotojornalista Sérgio Jorge viabilizou o projeto de contar os principais momentos vividos em seus mais de 60 anos de profissão. Em abril passado, após alguns meses de captação de recursos, o livro “Sérgio Jorge – 60 Anos de Fotojornalismo” veio a público com pré-lançamento na Fotografar 2018.

Sérgio Jorge

Um dos grandes mestres da fotografia brasileira, pelas palavras de Rubens Fernandes Junior – jornalista, curador e crítico de fotografia, doutor em Comunicação e Semiótica pela PUC-SP, professor e diretor da Faculdade de Comunicação da Fundação Armando Álvares Penteado –, Sérgio Jorge tem registros que fazem parte da vida brasileira.

Sérgio Jorge

É dele, por exemplo, o 1º Prêmio Esso de Jornalismo com a imagem “Não Matem Meu Cachorro”, um flagrante de um garoto correndo em desespero ao perceber que a carrocinha levava seu cão.

Em seu acervo de imagens imenso, destaques de momentos na política, economia, esportes, moda, como a inauguração de Brasília, a construção da rodovia Belém-Brasília, a demarcação territorial brasileira no Polo Sul, as primeiras corridas no Autódromo de Interlagos, o casamento e o milésimo gol de Pelé, as vitórias do pugilista Éder Jofre, a moda pelos estilistas Denner e Clodovil, os últimos dias de Assis Chateaubriand, o incêndio do Edifício Joelma e outros. Ele é também um dos fundadores do Estúdio Abril de Fotografia, ao lado de Chico Albuquerque.

Nascido em Amparo, interior paulista, Sérgio Jorge entrou na fotografia pelo estúdio de Elisário Negrão e pelo Cine Foto Clube local. Em 1955, migra para São Paulo e ingressa no extinto jornal O Dia, iniciando sua trajetória por veículos de imprensa de destaque nacional, até fundar o Jorge´s Estúdio em 1975, espaço dedicado à fotografia de moda e publicidade. Atualmente é presidente do Cine Foto Clube Amparo.

Leia também: Conheça Hesíodo Góes e sua maneira de fazer Fotojornalismo

O seu livro reúne cerca de 150 fotografias em preto e branco em 200 páginas, com projeto gráfico do designer Nosbielg Pires, textos da jornalista Regina Helena Paiva Ramos e Rubens Fernandes Junior e coordenação executiva de Reginaldo Leme. Foi lançado em 7 de abril, data de aniversário de Sérgio Jorge, durante o “Amparo em Foco – Festival de Fotografia de Amparo” que ocorreu entre os dias 5 e 15 de abril.

“Foi maravilhoso o lançamento. Autografei 182 exemplares”, conta Sérgio Jorge, que já tem mais três projetos em elaboração. O mais adiantado é o livro “Brasil pelo Olhar de Sérgio Jorge”.