Autoral 3 anos atrás | Diogo Amorim

Fotógrafo documental, Érico Hiller está sempre em busca de algo novo

"Vivo na eterna angústia na busca do algo mais", conta Érico Hiller, que sempre acha que pode melhorar

por Revista FHOX
erico-hiller-6Érico Hiller

Fotógrafo há 13 anos, Érico Hiller sempre nutriu uma paixão pela imagem e pela arte. Depois de considerar a ideia de ser cineasta, ele acabou optando pela fotografia, que permite uma interação grande com a realidade e com as pessoas. Fotógrafo documental, ele retrata a temática humanitária nos lugares mais remotos e exóticos do mundo.

Fotógrafo independente há treze anos, ele colabora com publicações em diversas revistas, entre elas National Geographic Brasil e Rolling Stone. As fotografias de Érico mostram como ponto comum nesses lugares, as mudanças nos hábitos, costumes e modos de morar, resultado das transformações ambientais do planeta.

Recentemente realizou uma viagem à Índia, que considera um lugar convidativo, inspirador e desafiador para fotografar. Fascinado por cores, Érico se empenha ao máximo para passar a experiência do que está vivendo para todas suas imagens.

erico-hiller-14Érico Hiller

Ele também realizou uma viagem à Europa, onde procurou fotografar a madrugada das cidades que visitou, usando apenas luz natural.

Sempre dando preferência para imagens que narre uma história, o fotógrafo prefere o uso de lentes fixas e procura não cortar as fotos. Atualmente, ele usa a câmera 7R II, da linha Alpha, da Sony, aparelho que aceita lentes de outras marcas, como as da Laica, que o fotógrafo costuma usar. Assim ele não precisa abrir mão do material que já tem.

Você pode acompanhar o trabalho de Érico Hiller nas redes sociais Facebook e Instagram.