News 8 meses atrás | Redação

Conheça os vencedores do Sony World Photography Awards 2018

Produzido pela World Photography Organisation, o Sony World Photography Awards é o mais diversificado concurso de fotografia do mundo.

por Revista FHOX

O desejado prêmio de Fotógrafo do Ano foi concedido à britânica Alys Tomlinson, pela série de imagens Ex-Voto. Além do prêmio, a artista ganhou 25 mil dólares. O júri elogiou a produção, excelência técnica e sensibilidade do trabalho, que ilustra a peregrinação como uma jornada de descobrimento e sacrifício em nome de um poder maior.

Foto: Alys Tomlinson

Alys foi selecionada entre os vencedores das 10 categorias da competição Professional, anunciados juntamente com o segundo e o terceiro lugar de cada categoria. Os vencedores das competições Open (melhor imagem única), Youth e Student Focus também foram revelados. Todos os ganhadores compareceram à cerimônia em Londres. Eles ganharam equipamentos de imagem digital da Sony, terão seus trabalhos publicados no livro dos vencedores e suas imagens serão exibidas na exposição do Sony World Photography Awards 2018, na Somerset House, em Londres. A vencedora do prêmio Contribuição Excepcional à Fotografia, Candida Höfer, também esteve presente na cerimônia para receber seu prêmio.

Produzido pela World Photography Organisation, o Sony World Photography Awards é o mais diversificado concurso de fotografia do mundo. A 11ª edição recebeu um recorde de 320 mil inscrições de artistas de mais de 200 países e territórios, que apresentaram alguns dos mais sofisticados trabalhos de fotografia contemporânea produzidos em 2017. A exposição anual do prêmio, que acontece em Londres, reúne obras de talentos emergentes e consolidados de todo o mundo.

Fotógrafa do Ano – Alys Tomlinson, Reino Unido

Ex-Voto é o projeto pessoal da fotógrafa Alys Tomlinson, 43, que vive em Londres. O trabalho vencedor apresenta retratos formais, paisagens em grandes formatos e imagens pequenas e detalhadas de natureza morta relacionadas a “ex-votos” (ofertas de devoção religiosa), encontrados em pontos de peregrinação em Lourdes (França), Ballyvourney (Irlanda) e Grabarka (Polônia).

A fotógrafa explora principalmente as temáticas de ambiente, pertencimento e identidade. Ela recentemente concluiu um mestrado com distinção em Antropologia de Viagem, Turismo e Peregrinação, e ganhou diversos prêmios de fotografia.

Fotógrafo do Ano, competição Open – Veselin Atanasov, Bulgária

Selecionado entre os 10 vencedores de categorias pela melhor imagem única, Atanasov recebeu o reconhecimento pelo seu trabalho Early Autumn e 5 mil dólares como prêmio. O artista é especialista em TI. Autodidata, começou a fotografar em 2014. Ele capturou as nuances do outono no Central Balkan NationalPark.

Foto: Veselin Atanasov

Finalistas e vencedores nas categorias da competição Professional

Os fotógrafos a seguir foram selecionados pelos jurados por apresentarem as melhores séries de fotografias que ilustram desde o mundo natural até eventos políticos e culturais ao redor do planeta.

  • Arquitetura: Gianmaria Gava, Itália, com a série Buildings
    Segundo lugar: Edgar Martins, Portugal / Terceiro lugar: Corentin Fohlen, França
  • Assuntos contemporâneos: Fredrik Lerneryd, Suécia, com a série Slum Ballet
    Segundo lugar: Margaret Mitchell, Reino Unido / Terceiro lugar: Alfio Tommasini, Suíça
  • Criativo: Florian Ruiz, França, com a série The White Contamination
    Segundo lugar: Patricia Kühfuss, Alemanha / Terceiro Lugar: Eduardo Castaldo, Itália
  • Atualidades e notícias: Mohd Samsul Mohd Said, Malásia, com a série Life Inside the Refugee Camp
    Segundo lugar: Luis Henry Agudelo Cano, Colômbia/ Terceiro lugar: Rasmus Flindt Pedersen, Dinamarca
  • Descoberta: Alys Tomlinson, Reino Unido, com a série Ex-Voto
    Segundo lugar: Antonio Gibotta, Itália / Terceiro lugar: Maria Petrenko, Ucrânia
  • Paisagem: Luca Locatelli, Itália, com a série White Gold
    Segundo lugar: Rohan Reilly, Irlanda / Terceiro lugar: Tomasz Padlo, Polônia
  • Mundo natural e vida selvagem: Roselena Ramistella, Itália, com a série Deep Land
    Segundo lugar: Mitch Dobrowner, Estados Unidos / Terceiro Lugar: Wiebke Haas, Alemanha
  • Retratos: Tom Oldham, Reino Unido, com a série The Last of The Crooners
    Segundo lugar: Anush Babajanyan, Armênia / Terceiro lugar: Andrew Quilty, Austrália
  • Esportes: Balazs Gardi, Hungria, com a série Buzkashi
    Segundo lugar: Behnam Sahvi, Irã / Terceiro lugar: Matteo Armellini, Itália
  • Natureza morta: Edgar Martins, Portugal, com a série Siloquies and Soliloquies on Death, Life and Other Interludes
    Segundo lugar: Tristan Spinski, Estados Unidos / Terceiro lugar: Werner Anderson, Noruega

Fotógrafa Jovem do Ano — Megan Johnson, Estados Unidos, 16 anos

O prêmio, aberto a jovens de 12 a 19 anos, foi concedido à Megan pela imagem Still. Tirada no penhasco próximo à sua casa em Connecticut, a fotografia em preto e branco captura a complexa e intrincada solidão vivenciada pela artista em sua vida cotidiana.

Foto: Megan Johnson

Estudante de Fotografia do Ano – Samuel Bolduc, Canadá, 20 anos

Bolduc foi escolhido pelos jurados entre estudantes de todo o mundo pela série The Burden. O trabalho ilustra com beleza o problema representado pelos resíduos plásticos ao meio ambiente e visa destacar a premente necessidade de dar um fim a essa poluição. Bolduc representou a College de Matane, de Quebec, e ganhou equipamentos fotográficos da Sony avaliados em 30 mil euros para a instituição.

Contribuição Excepcional à Fotografia – Candida Höfer

Reconhecida como uma das principais fotógrafas contemporâneas do mundo, a artista alemã Candida Höfer se destaca pela precisão de seus métodos e técnicas. A força de seus retratos de interiores, vastos e vazios, pode ser sentida em coleções de todo o mundo. O prêmio reconheceu a contribuição da artista à fotografia.

O anúncio dos vencedores vem na esteira da divulgação dos 10 vencedores da competição Open, ocorrida em março, e dos 63 vencedores da competição National Awards, concluindo o anúncio dos principais nomes de 2018. As imagens vencedoras, indicadas e com menção honrosa podem ser vistas na exposição do Sony World Photography Awards 2018, na Somerset House (Londres) entre 20 de abril e 6 de maio. Saiba mais em www.worldphoto.org/2018exhibition.

Sony World Photography Awards

O objetivo do prêmio é estabelecer uma plataforma para o desenvolvimento contínuo da cultura fotográfica. Para isso, ele concede o prêmio Contribuição Excepcional à Fotografia em reconhecimento a grandes avanços na área, além de identificar e promover novos talentos revelados nas competições Professional, Open, Youth e Student Focus. A Sony tem forte compromisso com a fotografia mundial. A empresa demonstra seu empenho por meio do prêmio e do seu programa de patrocínio, que concede US$ 3.500 aos vencedores da competição Student e US$ 7 mil aos vencedores da competição Professional para o desenvolvimento de projetos pessoais.

As inscrições para o Sony World Photography Awards 2019 estarão abertas a partir de 1º de junho deste ano. Elas serão gratuitas e poderão ser feitas pelo site www.worldphoto.org.