News 3 anos atrás | Leo Saldanha

Um case com mini-drone para smartphones

Selfly é inteligente e pode fotografar e filmar ambientes internos

por Revista FHOX

smartphone-drone-selfly-designboom-02

É quase um tripé voador. A ideia é que o Selfly permita retratos um pouco mais do alto e de ângulos especiais. O case traz câmera própria e cabe no bolso. Para usar basta abrir os motores e desencaixar o minidrone case do smartphone iOS ou Android. O equipamento é inteligente e envia vídeo em tempo real direto para um app.

selfly-smartphone-case-drone-1

A câmera do Selfly vem com 8MP e filma vídeo com qualidade full-hd (1080p). O tempo de voo? Só cinco minutos. Ou seja, é para voar bem pertinho e perto do solo. A promessa da empresa é de um mini-drone que segue e fotografa automaticamente o usuário. Faz fotos panorâmicas e reconhece a face das pessoas.

Selfly aceita iPhones (6 para cima) e modelos Galaxy S6 Edge em diante. A ideia é de uma startup israelense em um protótipo ainda em busca de verba. O produto está com uma campanha no site Kickstarter ao preço de 79 dólares. Se chegar ao mercado vai custar 140 dólares. Tem tudo para ser lançado, já que bateu a meta de financiamento.

smartphone-drone-selfly-designboom-newsletter

A questão é: será que as pessoas vão usar esse case voador? Vale lembrar que o Selfly não é a primeira iniciativa do tipo. Pois recentemente outra campanha no site Kickstarter foi lançada com a mesmo formato: o AirSelfie. O apelo do Selfly é um tanto distinto e mostra um possível vislumbre do futuro. Drones pequenos voando em ambientes fechados para retratar as pessoas. Será o fim do pau de selfie?