Participe do SIM. Semana do Imaginário Materno!


Três perguntas para você fazer em relação aos seus produtos na fotografia

A estratégia para um produto vendedor passa por adaptações e um olhar franco sobre o que você tem para oferecer neste momento

Sejamos realistas: quase tudo é muito igual na fotografia. Das poses, aos estilos e não é diferente quando o assunto é produto. A resposta para a mesmice é simples: queremos vender aquilo que já foi testado e aplicado. O que é mais popular e não me trará surpresas. O problema nessa decisão é que ela só beneficia quem compra. Pois, se tudo é muito parecido resta ao consumidor fazer uma escolha mais fácil: vou comprar o mais barato. 

Vamos às três perguntas que pedem reflexões: 

Você tem produto? Se você não tem produto dá para dizer com segurança que você não tem marketing. Nadinha para oferecer é grave. Primeiro é bom destacar: produto físico é o que vale. Seja um álbum, foto para pendurar na parede, presente criativo com foto e afins. Na última pesquisa da FHOX identificamos que quase 40% dos profissionais de fotografia não tem nenhum produto. Isso é um dado espantoso. 

Ah, mas eu trabalho com foto para ecommerce. Ou é um fotógrafo que fotografa para esportes ou algo que não precisa de produto. Isso ocorre de fato, ainda assim dá para se usar o produto físico como parte da sua marca. Produto pode ser um livro, uma revista que vende você com sua obra, uma foto autoral. Produtos digitais também podem fazer parte de uma oferta mais completa mesmo nessas condições. Para quê? para você se diferenciar e ser lembrado sempre adicionando valor no seu negócio de fotos. 

Se você respondeu que não tem produto, é hora de mudar isso. Veja como oportunidade. A vantagem é que você pode começar do zero e criar algo com a sua identidade e ao mesmo tempo criando para seus clientes. Se quiser ajuda nisso clique aqui e saiba mais sobre o Foto+Produto que pode fazer a diferença para você (veja os depoimentos). 

A segunda pergunta é: seu produto é diferente como? Seja sincero. O que você tenta ou faz de diferente para tentar encantar as pessoas que atende. Algo que não depende necessariamente de fornecedor. Pode ser uma cartinha bem sofisticada que vai junto. Pode ser algo tecnológico. Pode ser uma embalagem e outros mimos. Pode ser o design. O que você faz de diferenciado? 

Se você ficou na dúvida ou no fundo sabe que é muito igual ao que é oferecido no mercado também é hora de repensar nisso. Por que ter um produto igual a tudo que está aí quando hoje é possível criar itens únicos. O que é exclusivo como bem sabemos vale mais. 

A terceira pergunta é: você tem um produto diferente mas como ele pode ser ainda melhor neste segundo semestre? Pensar em termos de tempo é importante. Pois estamos vivendo uma grande transformação e o mercado está cada vez mais dinâmico. Se o seu produto hoje vai bem é justamente uma boa hora para pensar na nova linha e na evolução da sua oferta. Marcas e artistas empreendedores fazem isso de tempos em tempos. Qual é a novidade? As pessoas adoram coisas novas e esse desafio de se puxar um pouco a mais é o que coloca os profissionais referência sempre mais lá na frente. 

A quarta pergunta não estava na lista e é na verdade um convite: que tal participar do Foto+Produto e (re)pensar sua estratégia de produto e marketing para essa nova fase da fotografia? A atividade será na semana que vem nos dias 13 e 14 de julho. Saiba mais aqui: Foto+Produto. 

Não pode participar nesses dias. Então confira a opção EAD. Foto+Produto – Leo Saldanha – aprenda uma nova habilidade – Cursos Online e Serviços de Assinatura | Hotmart