News 4 anos atrás | Leo Saldanha

Seu rosto é um Big Data

Projeto de fotógrafo russo que comprova o grande avanço das redes neurais

por Revista FHOX

O assunto apareceu em destaque no site Xataka. O fotógrafo Yegor Tsvetkov, de San Petersburgo, retratou pessoas durante seis semanas e ao acaso, sempre dentro do metrô. Depois postou no Facebook da Russia, o VKontakte. Dentro daquele rede social existe a ferramenta FindFace que usa sistemas sofisticados (algoritmo) de inteligência artificial. O cruzamento das informações das imagens existentes e da foto tirada serviu para testar o experimento de encontrar pessoas.

Tsvetkov queria descobrir até onde conseguiria chegar com essa caçada por identidades com fotos aleatórias. Queria ainda poder alertar sobre esse mundo sem privacidade em que vivemos. O fotógrafo disse ter levantado muitas informações dos fotografados só com base no experimento e com uma simples fotografia. Detalhe: ele disse não ter entrado em contato com nenhuma das pessoas. Segundo ele, “os modelos” nem se importavam em serem retratados, embora não soubessem que fariam parte desse experimento.

Tsvetkov conseguiu identificar perto de 70% dos retratados e notou que existe uma grande diferença entre a imagem do perfil na rede social e a realidade. Meio óbvio, não?

Para saber mais, visite o site do projeto.