News 2 anos atrás | Leo Saldanha

Seria essa a pior sessão de fotografia de família da história?

Fotos de um (suposto) trabalho que ocorreu faz alguns anos foi parar no Facebook e viralizou pelo tratamento inusitado. Especialmente no rosto da família. Notícia está bombando na internet e nas redes sociais

por Revista FHOX

O post publicado no Facebook por Pam Dave Zaring se tornou viral. Zaring é do Missouri e compartilhou um trabalho de fotografia de família criado por um fotógrafo profissional. Até aí nada especial. O que chamou a atenção é o rosto de cada um da família. Um tratamento tosco ou uma máscara digital bizarra? Zaring garante que não se trata de brincadeira, mas internautas e diversos sites questionam a veracidade dessa sessão com toques surrealista. Segundo Zaring, a fotógrafa (Lesa Hall) recebeu 250 dólares pelo trabalho.

Com milhares de curtidas e compartilhamentos o post de Zaring diz que as fotos são reais e que a fotógrafa justificou que as sombras e a luz no dia eram muito ruins e que ela não teve aulas de Photoshop”.  Muitos internautas duvidam do fato. Uma pesquisa sobre a fotógrafa Lesa Hall só conta com uma conta no LinkedIn e que lá diz que ela é fotógrafa do Missouri. Não existe site e nem outra rede social da “fotógrafa”. Algo que levou muita gente desconfiar que na verdade Zaring criou a história para chamar a atenção e conseguiu. De fato existiu um negócio com a marca Imagry by Lesa Hall que foi registrado em 2011 e expirou em 2016. Seja como for, o post de Zaring bombou. Mas é difícil de acreditar que uma família aceitaria fotos desse nível. Até porque provavelmente nem se reconheceriam na entrega das fotos.

>> O fotógrafo que clicou o pedido de casamento errado 

Ok. This is NOT a joke. We paid a photographer, who claimed to be a professional, $2-250 for a family photo shoot. …

Posted by Pam Dave Zaring on Friday, January 12, 2018

Se você tem uma matéria, um relato, uma coluna, um tutorial ou qualquer outro tipo de conteúdo e quer contribuir com o FHOX.com.br, nos envie! Nosso departamento de redação vai analisar e, se aprovado, será publicado e assinado por você, respeitando todas as regras do direito autoral. Colabore clicando aqui: Você na FHOX.