Participe do SIM. Semana do Imaginário Materno!


Quando a emoção extrapola todos os limites

O fotógrafo João Vicente ao lado dos noivos. Emoção e sensibilidade em um trabalho inclusivo. Foto: Silas Abreu e Equipe

Essa é uma daquelas histórias que mostram o quanto pode ser prazeroso atuar no mercado fotográfico e viver situações que podem ser contadas para os netos, com muito orgulho.

Silas foi contratado para registrar o casamento de Cíntia Bonafante e José Vitor Flach, em Caxias do Sul. A noiva, Cintia Bonfante é fonoaudióloga, atende criancas com sindrome de down e fez um pedido: “será que você pode adicionar na sua equipe o João Vicente, que é fotografo e um dos meus ex-pacientes”, conta Silas, que finaliza “lógico que aceitei na hora”.

Silas Abreu e Equipe

O que Silas não imaginava era o que estava por vir. Sem avisar ninguém, o noivo José Vitor Flach convocou várias crianças, todas pacientes de Cíntia, para que entrassem na igreja para a entrega das alianças, o que obviamente levou a noiva as lagrimas e causou fortes emoções em todos os convidados, um momento unico que você pode vivenciar no video abaixo, postado no Instagram de Edson Cardoso, outro profissional envolvido evento, que aconteceu no dia 14 de março, um pouco antes da quarentena:

https://www.instagram.com/p/B_BE7EKj1PH/

 “[Foi um momento] super especial pra mim por que foi o dia que o meu até então noivo, me fez a surpresa mais incrível da minha vida! Ele encontrou alguns dos meus pacientes que comentavam ou compartilhavam fotos nas minhas redes sociais e organizou para que eles trouxessem as nossas alianças no dia do nosso casamento!  Eu amo demais a minha profissão e ter a oportunidade de ter algumas das crianças com a gente neste dia foi inexplicável, a emoção tomou conta de mim de uma forma que eu achei que meu coração não iria aguentar! hehe”, escreveu Cintia em um post no Instagram.

Foto: João Vicente

 Para Silas, foi uma dessas situações únicas na vida. Pego de surpresa o fotógrafo pôde vivenciar um momento especial e eternizá-lo: “muito feliz de ter participado de tudo isso, foi tão bacana que a Cintia me falou de pensarmos num Selo Solidário, para estimular as oportunidades de trabalho para pessoas com Sindorme de Down como o João Vicente, achei ótimo e já estou pensando em como desenvolver isso”.

Veja mais fotos que João fez no casamento.