Apoie a FHOX Impressa e garanta recompensas incríveis!


Por que o posicionamento de mercado importa?

Faça o exercício para começar a descobrir sobre sua posição de marca/mercado na fotografia

Posicionamento de mercado não é besteira. É algo tão sério que é algo a ser ensinado nas faculdades de marketing como a base do assunto. Pois sem saber quem você é e o que representa como é que você vai fazer um marketing verdadeiro. Isso é importante porque depois de 15 meses de pandemia, podemos afirmar sem dúvidas que as coisas mudaram muito. Mudou o comportamento do consumidor e a forma como as pessoas percebem e consomem produtos e serviços. Com o avanço da vacinação e um panorama de retomada para o fim do ano e 2022 (assim esperamos!) esse é um excelente momento para olhar e reavaliar sua identidade, sua causa nesse negócio. Sim, eu sei que sobreviver é o básico, mas não podemos deixar isso de lado. Ou seja, seu posicionamento deve correr junto com as outras questões urgentes. Sobretudo com as pessoas voltando a consumir, viajar, viver. Pois isso quer dizer mais “oportunidades em muitas frentes da fotografia”.

Qual seu posicionamento de mercado? O meu mudou de 2017 para cá. Antes Leo Saldanha era só um jornalista/empresário pesquisando mercados, realizando eventos pela FHOX e fazendo matérias e gerenciando conteúdos. A partir de 2017 comecei a me reposicionar em um processo que é dinâmico e segue ocorrendo. A Escola de Negócios da Fotografia traz no posicionamento adicionar valor para negócios de fotografia. E de fato venho colaborando com empreendedores que vão de fotógrafos a empresários do ramo fotográfico. Posicionamento na minha visão é um ponto relevante que fica debaixo do branding. Não se trata só de ser uma identidade como design de fontes, cores, o estilo das fotos e um logo. O posicionamento de marca é um norte, um rumo para o negócio que é crucial. Se sei que vou “adicionar valor para negócios de foto”já tenho uma direção clara do que fazer ou do que não fazer. Então a primeira coisa é…

Defina seu posicionamento: (Minha empresa) é onde a (Audiência) vem para encontrar o (serviço/produto) e com isso essas pessoas vão conseguir (objetivo).

Escola de Negócios da Fotografia com Leo Saldanha é onde fotógrafos e negócios de foto vem para encontrar orientação/conteúdos/conhecimento e com isso eles vão conseguir encontrar novos caminhos promissores em seus negócios.

Olhando meu posicionamento penso que fotógrafos e negócios de foto é bem amplo. De fato existem donos de loja e startups de impressão. Ou empresários de setores como formatura e outros segmentos de foto. O que é bom nesse ponto é que consigo identificar algum conflito e posso trabalhar ajustes. A parte de conteúdos é bem vasta. E posso afirmar que são cursos, livros, mentoria, informações (pagas e grátis). E por fim a parte mais importante: o que eles vão atingir? novos caminhos promissores é um eufemismo para faturamento? talvez não, já que tento respeitar as identidades e trazer alguma causa junto nesse processo. Ou seja, que a pessoa/negócio esteja feliz e encontre algo gratificante nessa caminhada.

É muito mais complicado do que parece e na verdade envolve outras questões também cruciais nessa descoberta. E acredite: tem muita gente com bastante tempo de mercado que não sabe isso. Ou ficou presa em posicionamentos antigos. Aliás, em tempos de pandemia isso é muito comum. Se o mundo está mudando e voltará diferente será que estou com o posicionamento correto? Para refletir…

Se fosse só isso obviamente seria fácil…na verdade as etapas que seguem na sequência são mais importantes. Muitas questões para serem respondidas, muitas visões e ideias para ponderar e assim chegar em conclusões. O importante é começar pelo exercício acima e na sequência pensar:

– As pessoas que vou servir ou já sirvo

– Onde elas estão e como me relacionar com elas.

No exercício do posicionamento é fundamental entender suas expectativas, avaliar sua jornada e o que quer daqui para frente. E mais: quais os valores da sua marca, quais suas forças e fraquezas hoje. Como os clientes estão hoje e que demandas podem ter surgido? Quais oportunidades de mercado e ameaças? Quais alternativas (concorrentes e substitutos) estão disponíveis para as pessoas? Como elas te enxergavam e como você quer que enxerguem…? Enfim, tem bastante trabalho.

O tripé do posicionamento é o ponto de partida levando em consideração você, as pessoas e o mercado. Daí vem na sequência mergulhar no marketing em si. O composto que envolve produto, preço, divulgação e presença. Sim, esse é só o começo da história e é por isso que marketing muitas vezes parece difícil. Mas não deveria ser encarado assim. Até porque é sobre viver desse negócio e logo é questão vital para você continuar fazendo o que te faz feliz. Que é viver de fotografar (imprimir) e fotografar (imprimir) para viver. Se precisar de ajuda com isso, fica meu convite para participar do AULÃO ao vivo de Marketing para Fotógrafos que ocorre na próxima segunda (26) às 18:00. Saiba mais e participe clicando aqui: Reposicionamento de mercado