News 2 anos atrás | Redação

Pela primeira vez, uma mulher é indicada ao Oscar de melhor fotografia

Rachel Morrison é indicada pelo drama de época "Mudbound: Lágrimas Sobre o Mississipi" da Netflix.

por Revista FHOX

O Oscar 2018, que teve seus concorrentes revelados nesta terça-feira (23), já conquistou um marco histórico: pela primeira vez nos 90 anos da premiação, uma mulher foi indicada ao prêmio de melhor fotografia. No caso, Rachel Morrison, pelo drama de época “Mudbound: Lágrimas Sobre o Mississipi”, da Netflix.

Rachel Morrison já fez história no Oscar. (Imagem: Nicholas Hunt/Getty Images)

Morrison concorre com Roger Deakins (“Blade Runner 2049”), Bruno Delbonnel (“O Destino de Uma Nação”), Hoyte van Hoytema (“Dunkirk”) e Dan Laustsen (“A Forma da Água”).

Há duas semanas, a fotógrafa se tornou a primeira mulher indicada ao prêmio da Sociedade Americana de Fotógrafos. Seu trabalho poderá ser visto novamente em “Pantera Negra”, que estreia em fevereiro.

“Mudbound”, principal aposta da Netflix para o Oscar, conta a história de dois homens que voltam aos Estados Unidos e tentam retomar suas vidas após a Segunda Guerra Mundial.

Mulheres no Oscar

Além de Morrison, outra indicada importante do Oscar 2018 é Greta Gerwig. A cineasta responsável por “Lady Bird” é a única mulher indicada na categoria de direção.

Gerwig agora faz parte do seleto grupo formado por apenas cinco mulheres indicadas na categoria de melhor diretora, ao lado de Lina Wertmüller (1977), Jane Campion (1994), Sofia Coppola (2004) e Kathryn Bigelow (2010). Esta última, aliás, foi a única premiada, pelo filme “Hurt Locker” no Brasil Guerra ao Terror.

Com informações do Terra.