Participe do SIM. Semana do Imaginário Materno!


O mercado de sensores de smartphones mostra que a Sony perdeu espaço

Ainda assim a fabricante segue líder com a Samsung avançando bem no setor. Veja os números

Os dados foram destaque em diversos sites de tecnologia de fora. O relatório publicado por EET ASia mostra que a Sony conta com quase metade do mercado de sensor para smartphone em 2020. Com a Samsung ocupando a segunda posição com 29% e a OmniVision com 10%. Os outros 15% ficam divididos entre várias marcas. Ou seja, 85% dos sensores fabricados e vendidos no mundo são da Sony, Samsung e OmniVision. Segundo a análise a Sony perdeu participação sobretudo para Samsung e OmniVision.

O que explica a queda? A situação da Huawei que perdeu muito espaço no mundo todo. Especialmente depois de perder a plataforma Android e participação no mundo todo. A Huawei é cliente Sony nos sensores e até pouco tempo a Huawei era a segunda do mundo em vendas de dispositivos móveis só atrás da Samsung. Claro, a pandemia também impactou a Sony nesse sentido. Com destaque especial para problemas com semicondutores (falta de insumo). A projeção da análise indica que a Sony deve sentir ainda mais a queda nas vendas e participação no setor de sensores para smartphones. O que gera um desafio para o segmento e os fabricantes. Já que o que vemos é uma tendência de supercâmeras que pedem sensores mais parrudos e ao mesmo tempo falta insumo para a produção de semicondutores. Outro dado curioso: a produção de sensores cresceu em 2020 enquanto as remessas de smartphones caíram no período (9%). O que explica o crescimento de um e a queda do outro é justamente o avanço de modelos mais sofisticados que pedem sensores mais poderosos. No Brasil, as vendas de smartphone não estão boas como indica essa matéria. LG vai encerrar operação mundial no mercado de smartphones – FHOX