News 1 ano atrás | Redação

O “gato ranzinza”que virou meme ganhou 700 mil dólares em disputa de direitos autorais

Dona do gato entrou com ação contra marca de bebidas por uso indevido em produtos diversos. E o meme do Grumpy Cat virou um lucrativo negócio em vários segmentos

por Revista FHOX

O famoso “Grumpy Cat” ganhou notoriedade em 2012 e se tornou um meme mundial. O verdadeiro nome do gato é Tardar Sauce. Os donos transformaram a popularidade em negócio e criaram a marca Grumpy Cat. Agora eles ganharam o processo de violação  dos direitos autorais em um tribunal da Califórnia. O fato é que os donos do gato até já tinham feito um acordo com a empresa de bebidas Grenade (Reino Unido) para que eles pudessem usar a foto do bichano. Naquele momento (2013), a Grenade pagou 150 mil dólares para usar o Grumpy Cat especificamente para a linha de bebidas geladas. O problema é que a Grenade usou fotos para vender café em pó e até camisetas burlando o acordo original.

>> Fotos de gatos em outro nível 

Resultado: agora terão que pagar muito mais pelo uso indevido. A Grenade se defende dizendo que parte do acordo com a dona do gato Tabatha Bundesen também não foi cumprida. Segundo eles, o animal deveria ter feito vídeos e outras peças publicitárias e não cumpriu suas obrigações. A alegação não convenceu a corte californiana que deu ganho de causa para Tabatha. Ela faturou mais 700 mil dólares com esse processo. E não resta dúvidas de que até o negócio com memes virou uma boa opção de faturamento. Tabatha criou vários negócios com a imagem do animal. Caso de fotocabine, patrocínio de ração e outras iniciativas de merchandising.

Se você tem uma matéria, um relato, uma coluna, um tutorial ou qualquer outro tipo de conteúdo e quer contribuir com o FHOX.com.br, nos envie! Nosso departamento de redação vai analisar e, se aprovado, será publicado e assinado por você, respeitando todas as regras do direito autoral. Colabore clicando aqui: Você na FHOX.