News 12 meses atrás | Colaboradores

Não é só apertar um botão

Moisés de Moura de Americana mostra que a fotografia envolve esforço, estudo e muito persistência

por Revista FHOX

Por Moisés de Moura

1 – Fotografia requer TEMPO.

Como tudo na vida, fotografia também requer tempo.
Se assim como eu, para você a fotografia é mero hobby, não tenha pressa.
Se estiver com o tempo curto, deixe para outro momento.
É o tempo que lhe dará a calma necessária para focar nos muitos detalhes que se seguirão.
Tempo é essencial.
Esta foto por exemplo, eu precisei chegar ao final de uma sexta-feira a noite, quando ainda sem sono e sem nenhum outro compromisso, pude parar tudo e focar nesse estudo fotográfico.

2 – Fotografia requer PESQUISA.

Tenha boas referências.
Seja através de amigos fotógrafos, designers ou das muitas imagens disponíveis na internet.
Aprenda a gostar de analisar as imagens de outros fotógrafos.
Quando você busca referências, você tem a base para julgar o que lhe agrada numa foto: se é a luz, ou a profundidade de campo, ou a composição, ou a produção, etc.
Então, você estará melhor orientado e com mais opções para sua criatividade.
Fotografia é essencialmente estudo. Muito estudo.

3 – Fotografia requer DISPOSIÇÃO.

Preguiça e fotografia não combinam.
Geralmente dá um trabalhão danado e termina com uma bagunça enorme.
Você junta um monte de cacarecos, tem que carregar um monte de coisas pra lá e pra cá e ao final, arrumar tudo de novo.
Fotografar é cansativo; mas é prazeroso.

4 – Fotografia requer PRODUÇÃO.

Por vezes, a foto “cai no seu colo” – está pronta. Você enxerga uma cena onde tudo está praticamente onde você gostaria que estivesse.
Mas isso é raro. Especialmente em estudos fotográficos como este, tudo é pensado.
A textura do fundo, o ângulo da iluminação, a intensidade da mesma, a composição dos objetos, o posicionamento da câmera, tudo.
Nada é por acaso.

>> Preço: ele só vai cair na fotografia (e o que você pode fazer sobre isso?)

5 – Fotografia requer EXPERIMENTAÇÃO.

Por mais que você já saiba onde quer chegar com sua foto, na hora H, o “buraco é mais embaixo”.
A imagem que formamos mentalmente e em seguida tentamos capturar é a representação do que nossos olhos enxergam, mas isso nem de longe é parecido com a imagem que o equipamento irá revelar.
As fontes de luz irão mudar tudo e a profundidade de campo poderá deixar sua imagem muito distante de uma suposta realidade visual.
Fotografia não é a impressão fiel do que vemos e sim uma interpretação que damos.
Experimentar é fundamental. Muda isso, muda aquilo, tenta de novo e não desanime se não ficar bom.
Quando você tenta, tenta e ainda não está satisfeito, é porquê sua “régua” de aprovação está subindo. Isso é a evolução.
Tenha sempre um pouquinho de desapontamento com sua fotografia, pois é assim que você tentará de novo e de novo, melhorando sempre.

6 – Fotografia requer EQUIPAMENTO.

Quem faz a foto é o fotógrafo e não o equipamento, isso é um fato inegável.
Mesmo com todo e qualquer equipamento fotográfico do mundo à sua disposição, se não souber o que fazer com ele, a foto final será ruim, ou no mínimo medíocre.
Porém, há também o fato de que quando melhor seu equipamento, mais possibilidades você terá para exercer sua técnica.
É muito frustrante quando se tem uma ideia de uma foto e não consegue executá-la da forma adequada porquê seu equipamento é insuficiente.
Bem…, se como eu, é por mero hobby, não tem problema algum ter um equipamento meia-boca, mas se você se propuser a fotografar profissionalmente, invista em equipamentos de qualidade – não em QUANTIDADE, a menos que você seja rico. Não é este o meu caso. rsrsrs
Ter seu próprio equipamento é também importante para que você com a prática, conheça as funções e operações mecânicas. Sabendo lidar com o equipamento, você faz isso de forma automática e sua atenção pode ficar toda focada na fotografia.
É como dirigir seu próprio carro: você não se preocupa ou sente o carro quando está dirigindo. Sua atenção está no trânsito ao redor.

*** Desculpe a sujeira do meu equipamento… rsrsrs.. não tive tempo para limpá-lo. Não seja como eu!
Equipamento utilizado: Lente Zenit Helios 44M-7 58mm F/1.9 (analógica) + adaptador M42 + Canon EOS 6D. (Sem tripé, pois minha paciência estava acabando).

7 – Fotografia requer PÓS PRODUÇÃO.

Estude sobre tratamento de imagem.
Entenda os tipos de imagens; o que é tratamento, o que é edição; domine os softwares desta área.
É na pós produção que você conseguirá corrigir pequenos defeitos, acentuar ou amenizar luzes e sombras afim de conseguir o “look and feel” pretendido.
Se tiver como fotografar apenas em RAW, fotografe. Suas possibilidades de tratamento serão absurdamente maiores quando a base for um arquivo RAW.
Na foto em questão, eu busquei uma estética de filme analógico, mais próximo do que as Polaroids nos entregavam no passado.

8 – A fotografia FINAL.

Bem, ao fim de quase 2 horas de tentativas e erros, este foi o resultado que consegui.
Consegui também quebrar a garrafa de vinho vazia e espalhar cacos de vidro pra todo lado.
Paciência. Outro dia tento novamente.

>> CAMERACLUB: BENEFÍCIOS E DESCONTOS EM MAIS DE 2 MIL VANTAGENS EM UMA COMUNIDADE COM 4 MIL MEMBROS 

Se você tem uma matéria, um relato, uma coluna, um tutorial ou qualquer outro tipo de conteúdo e quer contribuir com o FHOX.com.br, nos envie! Nosso departamento de redação vai analisar e, se aprovado, será publicado e assinado por você, respeitando todas as regras do direito autoral. Colabore clicando aqui: Você na FHOX.