Apoie a FHOX Impressa e garanta recompensas incríveis!


‘Maratona’ de 1.400 km para participar do TTD

Kerly Rampelatti: pé na estrada em busca do TTD
Estúdio fica na região central de Santa Rita
[/media-credit] Estúdio fica na região central de Santa Rita

estúdio-kerly-2-web

80% dos moradores de Santa Rita, no Paraguai, são brasileiros que foram para lá em busca de terras aráveis. Com uma população de 36 mil habitantes, a cidade é sede da maior exposição agrícola do interior daquele país e cercada de belezas naturais, o que a capacita para o turismo rural.

No setor de serviços, a fotografia está lá. Um dos estúdios é o de Kerly Rampelatti, uma brasiguaia (sua família do Rio Grande do Sul). “Sempre fui apaixonada por fotografia e há dois anos abri estúdio na área central da cidade”, diz. Casamento, gestante, batizado, 15 anos, tudo ela fotografa. “Sou fotógrafa de famílias e destaco que aqui as pessoas valorizam muito o batizado do bebê.” Sua clientela divide-se entre paraguaios, muitos deles colonos, e brasileiros. “É cada vez maior o interesse deles pela fotografia profissional; antes não era assim”, observa.

casamento-2-web

casamento-web

IMG_9401-web

IMG_9754-web

Antenada a tudo que se passa em seu segmento, Kerly se prepara para percorrer 1.400 quilômetros para participar pela primeira vez do Trash The Dress (TTD), em Florianópolis, nos dias 8 e 9 de agosto (ainda há vagas). Seu objetivo é buscar inspiração, ver tendências e se aperfeiçoar tecnicamente. Para o ano que vem está em seus planos visitar a Fotografar em abril.

Para fotos avulsas, Kerly conta com os serviços do laboratório Hival Film, na Ciudad del Este; para encadernados, Jody Cardoso, em Foz do Iguaçu (PR). Seu braço direito no estúdio é a também fotógrafa Jannayna Soares.

Paraguaios valorizam o batizado dos filhos
Paraguaios valorizam o batizado dos filhos

batizado-web

IMG_9663-web

15 anos
15 anos
Jannayna: braço direito da fotógrafa Kerly
Jannayna: braço direito da fotógrafa Kerly