Participe do SIM. Semana do Imaginário Materno!


Maior Festival Latino- Americano de Fotografia feita com Celular promove a “ESPERANÇA” na edição 2021

Mobile Photo Festival promove a “ESPERANÇA” e traz exposição com fotos feitas por indígenas brasileiros – “Olhar Indígena”

Em mais um ano no qual a sociedade ainda convive de forma dolorosa com a Pandemia da COVID-19, o Mobile Photo Festival promove a “ESPERANÇA” como seu tema principal.

A exposição da 8ª edição do Mobile Photo Festival 2021, acontecerá no período de 21 de maio a 04 de julho de 2021, no Museu da Imagem e do Som (MIS) de São Paulo, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, com direito a noite de divulgação dos finalistas e vencedores, no dia 21 de maio, às 19h.

Segundo o fundador da mObgraphia Cultura Visual e organizador do evento, o fotógrafo e produtor cultural, Ricardo Rojas, nesta edição, o Festival tem um categoria especial, VÍDEO, com apoio do TikTok, principal destino de vídeos de formato curto para dispositivos móveis do Brasil e do mundo.

“Com a proposta de trazer para o Mobile Photo Festival 2021 uma reflexão sobre conceitos básicos da edição de vídeo, abrimos uma categoria especial, com apoio da plataforma de conteúdo criativo, o TikTok, que seguiu os mesmos critérios de participação das demais categorias de fotos, havendo algumas características específicas como, ser um vídeo de até 1 minuto e no formato vertical. Estamos muito felizes com o apoio do TikTok, permitindo que os usuários pudessem se expressar de forma autêntica e positiva”, diz Rojas.

FOTOGRAFIA

No caso da FOTOGRAFIA, nas CATEGORIAS ABERTAS, as fotos foram inscritas pelo Instagram, utilizando obrigatoriamente as seguintes Tags(#) abaixo + #mobgraphia em suas postagens.

Arte (#mpfarte2021+#mobgraphia), Documental (#mpfdoc2021 + #mobgraphia), Paisagem (#mpfpaisagem2021+ #mobgraphia), Preto & Branco (#mpfpb2021 + #mobgraphia), Retrato (#mpfretrato2021+ #mobgraphia) e Street (#mpfstreet2021+ #mobgraphia).

Ainda em FOTOGRAFIA, na “CATEGORIA ENSAIO”, o participante pode se inscrever com oito (mínimo) a dez fotos (máximo) que construam uma narrativa visual sobre o tema do Festival: “ESPERANÇA”.

Os ENSAIOS foram enviados para o e-mail: mobphotofest até dia 10 de abril de 2021.

As inscrições foram feitas pelo link, disponível no site da mObgraphia (www.mobgraphia.com).

VÍDEO

O participante que está concorrendo com VÍDEO, deve ter uma conta aberta no TikTok e postar na sua conta TikTok com as hashtags: #mobgraphia + #tag da categoria que está concorrendo (ver abaixo).

Tema: qualquer tema, desde que esteja alinhado com uma das categorias abaixo e que siga as Diretrizes da Comunidade do TikTok.

Categoria VÍDEO (#tags específicas obrigatórias):

1 – Vídeos educativos – #mpfvideoseducativos

2 – Vídeos divertidos – #mpfvideosdivertidos

3 – Melhor edição – #mpfmelhoredição

Serão selecionados 30 (trinta) finalistas. E apenas um deles será indicado como destaque em cada categoria.

O resultado da seleção inicial das mobgrafias e vídeos, será divulgado nos canais mObgraphia e no site oficial: www.mobgraphia.com.

Exposição convidada especial feita totalmente por indígenas brasileiros – “Olhar Indígena”

Em uma ação inédita o Projeto Social da mObgraphia, o Mobgrafia Inclusiva ofereceu uma oficina especial de fotografia feita com celular para um grupo de indígenas de todo Brasil. A partir dessa oficina houve o lançamento de uma convocatória para dar a oportunidade aos indígenas brasileiros de mostrarem seu talento. Os participantes terão suas fotos expostas no Museu da Imagem e do Som de São Paulo, dentro do Mobile Photo Festival 2021.

O tema da exposição é: “Olhar Indígena”.

“Eles foram convidados a expressar através da fotografia com celular o tema “ESPERANÇA”, refletido no dia a dia de suas comunidades. É a primeira vez que os próprios indígenas terão a oportunidade de retratar, através de mobgrafias, a sua realidade e mostrá-la para a sociedade. Daí o nome da exposição: “Olhar Indígena”. Assim, tiramos os olhares externos sobre o cotidiano deles, e mostramos um olhar pessoal sobre suas realidades”, explica Ricardo Rojas.

A jornalista indígena da TV Record News Rondônia, Luciene Kaxinawa, e o primeiro Embaixador Indígena da mObgraphia, o Líder da Comunidade Paiter Suruí, Almir Suruí, agregam valor à equipe que trabalha na exposição “Olhar Indígena”.

Mais informações: www.mobgraphia.com.br