News 8 meses atrás | Redação

Galeria Andreus integra Ron Geipel no time de fotógrafos da curadoria

Projeto sugere uma visão diferente da ideia ultrapassada de bactérias com exposição da beleza oculta pela intersecção entre arte e biologia

por Revista FHOX

Com localização privilegiada no Centro de São Paulo, parte importante da história e memória da cidade e berço de diversas expressões criativas, a Galeria Andreus identifica os novos artistas. Pela curadoria de Polyanna Loureiro, que atua como sócia com Rica Andreus, a Andreus se especializa em selecionar talentos capazes de unir inovação, conhecimento e qualidade.

Apresentando um universo de obras entre artes visuais, esculturas e fotografias, o centro cultural garimpa propostas e técnicas diferentes para criar um ambiente mais plural e integrado.

Na leva de fotógrafos selecionados mais recentemente e um surpreendente formato, o alemão Ron Geipel divide seu tempo entre Berlim e São Paulo. O fotógrafo sugere uma visão diferente da ideia ultrapassada de micro-organismos, ou bactérias – como são popularmente conhecidos, como precursores de doenças. E ao revelar um mundo invisível a olhos nus e dar forma a esse processo complexo e abstrato, ele expõe a beleza oculta desses organismos que vivem à nossa volta e dentro de nós.

Ron Geipel

 

Essa dança simbiótica, onde o imperceptível e o desconhecido se materializam, é o ponto de partida do trabalho do artista. Mostra universos inteiramente diferentes: sobreposições detalhadas do perceptível e do invisível, do divergente e do orgânico. O resultado dessas imagens é uma inesperada metamorfose do real para o surreal, que começa desde o que é representacional chegando até a mais pura abstração.

Galeria Andreus
Ron Geipel

 

Este projeto explora temas sobre vida, caos, transformação e coexistência, numa espécie de colaboração com a natureza, trabalhando na intersecção entre arte e biologia. “O mundo bacteriano é muito complexo e, por algum motivo, estes micro-organismos estão sempre associados às noções negativas, na maioria das vezes como inimigos que precisam ser erradicados. Tendo em vista que eles são altamente inteligentes e adaptáveis, há muito pouco que podemos fazer para eliminá-los”, conta Ron.

Outra integrante do time de Galeria Andreus é a fotógrafa Fabiolla Loureiro, que mistura suas duas paixões: fotografia e viagens. Com referências de mais de 30 países, isso abriu portas para ela escrever sobre suas experiências em viagens para a revista European Travel Magazine.

Galeria Andreus
Fabiolla Loureiro- BOLONHA 2017

 

Vencedora do prêmio de Artist of the Year Award (2019) da Fundação Circle Foundation for the Arts, Fabiolla imprime em sua fotografia de rua a prática da luz natural, silhuetas misteriosas, becos, frio, chuva, atmosferas surreais e mágicas, de preferência pelo preto e branco. Além disso, participa de um projeto de arquitetura/design com a Casa Portoro.

Também parte do time de artistas da Galeria Andreus, Suzana Mendes utiliza pigmento mineral em papel fotográfico metálico dando vida às suas memórias em tom de afeto. A artista encontrou-se na fotografia em 2010, quando iniciou seus estudos na escola Panamericana de Artes de Design. Desde então participa de exposições e grandes festivais, como no Paris College of Art, do festival Latino-Americano de Mobgrafia, Foto em Pauta Tiradentes (2016) e São Paulo Photo Week (2016).

Suzana Mendes

 

O fotógrafo Antonio Schubert considera a fotografia como contemplação, que pela observação de atitudes e reações em diversas situações do cotidiano, imprime seu olhar afetuoso sobre todas as coisas. Aborda o ser humano como indivíduo ou como elemento inserido na paisagem. Com personalidade, manifesta a arte como conceito puro, recordação, assombro ou insuficiência.

Antonio Schubert

 

A Galeria Andreus fica na rua Nestor Pestana, 109, bairo da Consolação, São Paulo, SP. Funciona de terça a sexta, das 10h às 19h e aos sábados, das 11h às 16h. Também é possível adquirir as obras pelo site.