News 4 anos atrás | Redação

Fotógrafos de nascimento lançam portal para promover a humanização do parto

A ideia é fazer com que fotos e vídeos mostrem o momento do nascimento e contribuam para a mudança nos padrões obstétricos atuais

por Revista FHOX

Foi a chegada da filha Teodora, hoje com dois anos e meio, que abriu os olhos de Roberta Martins para a importância do parto natural. A fotógrafa cearense participa, ao lado de profissionais de todo o Brasil, do portal Hora Dourada, iniciativa que tem o objetivo de construir uma rede de fotógrafos de nascimento que atuam em diferentes estados para disseminar informação de qualidade a respeito do parto.

fotografia-de-nascimento-1Roberta Martins

“O Brasil é recordista mundial em número de cesarianas programadas e isso é um problema de saúde pública. Eu acredito que a imagem desmistifica. A mulher olha e percebe que esse momento não é só de dor, percebe que há beleza e começa a querer também essa beleza”, afirma Roberta, que já trabalha com este tipo de fotografia há dois anos e acredita que a fotografia de parto natural é um momento de conexão. “Há uma empatia, eu me conecto com essa família. A minha técnica, meu equipamento são ferramentas importantes, mas eu me coloco no lugar daquela mulher e procuro registrar da forma mais poética possível”, conta.

fotografia-de-nascimento-2Roberta Martins

Por meio do projeto as pessoas terão acesso a vídeos informativos sobre gestação, parto e pós-parto com imagens de nascimento e entrevistas com profissionais de diferentes áreas. Também estão sendo divulgados na página depoimentos de casais e profissionais que trabalham com atendimento ao parto. Os relatos apresentam diferentes pontos de vista sobre a importância de imagens de nascimento.

Cesariana no Brasil

No Brasil, a cesariana é responsável por mais da metade dos nascimentos. De acordo com o Ministério da Saúde, os índices chegam a 84% na rede particular e a 40% na rede pública. A Organização Mundial da Saúde (OMS) recomenda que as cesarianas sejam realizadas em menos de 15% das gestações.

fotografia-de-nascimento-3Roberta Martins