News 2 anos atrás | Leo Saldanha

Fotógrafa ganha processo por difamação contra noivos

Profissional norte-americana alegou que seu negócio foi arruinado por posts difamatórios nas redes sociais

por Revista FHOX

pexels-photo-302033

A fotógrafa Andrea Polito atua em Dallas e moveu a ação contra a noiva Neely Moldovan. Tudo começou quando a fotógrafa pediu para os clientes escolherem a capa do álbum de casamento. O casamento ocorreu em outubro de 2014. Quando os noivos cobraram as fotos a profissional avisou que não daria as fotos enquanto eles não escolhessem a fotografia da capa (que envolvia uma cobrança extra). Os clientes recusaram porque não queriam pagar a mais pela imagem. Polito cedeu e disse que absorveria o custo adicional. O casal acusou a fotógrafa de gerar constrangimento e que estaria mantendo os arquivos de forma ilegal. Toda a história ganhou força nas redes sociais o que acabou prejudicando completamente o negócio do fotógrafo. Vale lembrar que a escolha e o procedimento da foto da capa estavam previstos em contrato.

Untitled-2

O casal se complicou com a justiça quando passaram a comemorar o sucesso e a repercussão que obtiveram com o caso nas redes sociais. A justiça entendeu que eles passaram dos limites com comentários maldosos e curtidas em posts difamatórios.

“Liberdade de expressão não significa estar livre de consequências. Existem consequências no mundo real quando um negócio é atacado de forma maldosa e mentirosa” disse o advogado de Andrea, Dave Wishnew.

Andrea tem mais de dez anos de mercado e entrou com uma ação contra o casal em abril de 2015. Na última semana saiu o veredito com o pedido de indenização de 1 milhão de dólares em danos morais nas declarações difamatórias e maliciosas dos noivos.

A fotógrafa se disse aliviada com a sentença, mas esgotado emocionalmente. O casal pode ainda apelar quanto a decisão.