Participe do SIM. Semana do Imaginário Materno!

Fotografias na decoração trazem modernidade para os ambientes

Quadros podem ser peça-chave para trazer modernidade e frescor para sua decoração

Eternizar momentos em quadros decorativos também pode ajudar a dar um “up” na decoração do ambiente. As fotografias são capazes de provocar sensações e resgatar memórias, e agora também são consideradas peças-chave para quem deseja modernizar os cômodos. 

As fotografias para fins decorativos podem ser reproduzidas da internet, de fotógrafos profissionais ou amadores, dando mais exclusividade e mais valor para a obra. É muito importante escolher bem o ambiente em que a imagem vai ser colocada, para não obter um efeito indesejado e um desequilíbrio na harmonia da decoração.

Com o auxílio de um design de interiores, é possível levar texturas, sensações e sentimentos para as paredes das residências, criando verdadeiras janelas para a imaginação. Apesar de muitas pessoas acharem que não, a fotografia é um objeto de decoração bem versátil, com inúmeras possibilidades de estilo. As fotos ganham protagonismo em uma moldura clean e em tons terrosos, ou podem ajudam a compor uma estética mais industrial com uma moldura de ferro. Vale deixar a imaginação rolar! 

A seguir, separamos algumas dicas para você que quer se aventurar na ideia de levar diferentes ambientes para dentro de casa. 

Como usar fotos para decorar paredes 

Não há regras sobre quantas imagens podem ser distribuídas em um único cômodo, mas é importante não sobrecarregar o ambiente e também não é necessário centralizar a imagem na parede – use sua imaginação. 

Se você não quer furar a parede ou deixar a imagem fixada, é possível pendurar cabos de aço finos no teto para dispor as imagens. Também vale fazer uma disposição de fotos emolduradas no chão, apoiadas na parede ou apoiadas em livros em estantes. 

A junção de fotos coloridas e fotos em preto e branco pode ser bem interessante, porém é preciso tomar cuidado, mais uma vez, para não deixar o visual sobrecarregado. Para uma decoração ainda mais contemporânea, é possível misturar ilustrações com fotos que seguem a mesma linha temática. Em casos assim, molduras mais neutras ajudam a dar leveza para a composição. 

Lembre-se de que combinar a fotografia com a decoração é uma opção, e não uma exigência. Observar com cuidado o que a imagem transmite e escolher com qual espaço ela se encaixa melhor é uma boa deixa. Faça isso sem pressa. O que às vezes fica lindo na sala, pode não se encaixar no quarto ou na cozinha. Analisar a energia da imagem é tão importante quanto a escolha da moldura. 

Por último, é possível usar cliques feitos por você. Pense em uma cor, um tema, um filtro, se cerque de referências e evite que a imagem fique enquadrada como um porta-retrato de família, que é ótimo para recordar momentos, mas não é uma boa pedida para um ambiente como a sala de estar, por exemplo. A possibilidade de impressão digital barateou os custos e, se preferir investir um pouco mais, é possível achar galerias de arte voltadas para este nicho, onde alguns profissionais optam por tiragens maiores, tornando a obra mais acessível.