Conheça o ImageCon - Conferência do Imaginário

Concurso Coral Vivo de Foto Sub divulga vencedores

Medalha de Ouro na Categoria CloseUp da Divisão Compacta

No último final de semana, dias 21 a 23 de março, aconteceu em Recife de Fora, em Porto Seguro (BA) o Concurso Coral Vivo de Foto Sub. Com participação de 20 fotógrafos e suas respectivas duplas, todos tiveram as águas turvas como desafio para apresentar técnica e olhar artístico. A dupla Luiz Fernando Cassino e Roberta Decnop se destacou com duas medalhas de ouro e uma medalha de prata, pelo júri técnico, conquistando o troféu de Primeiro Lugar Geral na divisão principal: DSLR/Mirrorless.

Paralelamente, foi realizado concurso cultural nas redes sociais do Projeto Coral Vivo para saber quem levaria o troféu Melhor Fotografia Via Público. Foram 7.503 votos computados, no total, para vinte fotos. Eles também venceram, conquistando 705 votos com a imagem de colônias de coral-cérebro (Mussismilia harttii) cercada de rica biodiversidade marinha e a passagem de um cardume de cocorocas (Haemulon aurolineatum). Endêmica do Brasil e ameaçada de extinção em categoria vulnerável, as colônias dessa espécie apresentam áreas com branqueamento, por conta das águas mais aquecidas deste ano de El Niño.

[/media-credit] Colonias branqueadas com cardume de cocorocas ganhou Melhor Troféu Via Publico

Aliás, foi com a Categoria Temática Branqueamento que a dupla ganhou medalha de ouro pelo júri técnico. Colônias de coral-de-fogo (Millepora alcicornis) com as pontas branqueadas foram registradas em primeiro plano com o peixe budião-puxê (Halichoeris poeyi). A outra medalha de ouro de Luiz e Roberta foi conquistada na Categoria Close-Up, apresentando a estrutura espiral do verme poliqueta árvore-de-natal (Spirobranchus giganteus) vista do topo. Eles ganharam medalha de prata na Categoria Peixe com o perfil de uma maria-da-toca (Parablennius marmoreus).

O Concurso Coral Vivo de Foto Sub foi realizado pelos projetos patrocinados pela Petrobras, Coral Vivo e Meros do Brasil, e também pela Associação Brasileira de Imagens Subaquáticas (Abisub) e a Secretaria de Meio Ambiente de Porto Seguro. Cabe destacar que o Recife de Fora é uma unidade de conservação localizada numa das áreas de maior biodiversidade marinha do Atlântico Sul, sendo uma das áreas prioritárias do Plano de Ação Nacional para a Conservação dos Ambientes Coralíneos (PAN Corais).

[/media-credit] Branqueamento de coral-de-fogo levou Ouro na Divisão DSLR

Outros resultados

Na Divisão DSLR/Mirrorless, em Segundo Lugar Geral ficou a dupla Álvaro Velloso e Cláudia Lomba, que ganhou medalha de prata na Categoria Grande-Angular, com fotografia que destaca colônia de coral Mussismilia harttii, e prata na Categoria Close-Up com o colorido de lírio-do-mar. Em Terceiro Lugar Geral, a dupla Marcelo Prim e Luiz Magina levou para casa ouro na Categoria Peixe com um neon goby (Elacatinus figaro) em meio às reentrâncias do coral-vela (Mussismilia harttii), e bronze na Categoria Grande Angular com uma colônia de coral-de-fogo (Millepora alcicornis).

[/media-credit] Colorido-de-lirio-do-mar-levou-Prata-na-categoriaCloseUp-da-DivisaoDSLR

A dupla Peu Guerbas e José Paulo ficou com o troféu de Quarto Lugar Geral, ganhando medalha de ouro na Categoria Grande Angular com uma paisagem recifal com destaque para uma colônia da gorgônia orelha-de-elefante (Phyllogorgia dilatata) junto a uma gorgônia (Plexaurella grandiflora). O troféu de Quinto Lugar Geral foi para a dupla Cleber Assumpção e Eduardo Resende, que conquistou a medalha de bronze na Categoria Close-Up com o búzio (Cyphoma macumba).

[/media-credit] Gorgonias por Peu Guerbas ganhou Ouro na Divisao DSLR na categoria Grande Angular

O troféu de Primeiro Lugar Geral na Divisão Compacta foi para a dupla Fernanda Saldanha e Marcia Tancredi. Elas conquistaram medalha de ouro na Categoria Close-Up com a imagem de um polvo, e duas medalhas de bronze. Uma na Categoria Grande Angular com uma paisagem recifal com destaque para uma lagosta, e outra na Categoria Temática com uma lente especial em colônia branqueada de coral-vela (Mussismilia harttii).

Coral
[/media-credit] Medalha de Ouro na Categoria CloseUp da Divisão Compacta

Para o coordenador do Concurso Coral Vivo de Foto Sub, Áthila Bertoncini, a fotografia documental é uma importante ferramenta para a conservação ambiental, porque sensibiliza podendo gerar mudança em valores e atitudes. “Na busca pelas imagens que melhor representem o branqueamento de corais neste ano de El Niño, os fotógrafos contribuíram para a pesquisa científica, atuando também como cientistas cidadãos”, avalia Bertoncini. Uma seleção de fotografias desse concurso estará em e-book informativo, que está sendo produzido para estar disponível gratuitamente na seção Publicações do site www.coralvivo.org.br.

 

[/media-credit] Primeiro Lugar na Categoria Peixe da Divisão Compacta
[/media-credit] DSLR_MT_2
[/media-credit] DSLR_GA_3
[/media-credit] Lagosta vermelha Panulirus meripurpuratus levou o bronze da categoria Grande Angular da Divisao Compacta
[/media-credit] Gorgonias por Peu Guerbas ganhou Ouro na Divisao DSLR na categoria Grande Angular
[/media-credit] DSLR_CloseUp_3