Participe do SIM. Semana do Imaginário Materno!


Como escolher a câmera profissional ideal?

Atualmente, o mercado fotográfico é bastante amplo e oferece os produtos mais variados possíveis. Por isso, diante de tantas opções, escolher a câmera profissional ideal para você pode ser uma tarefa confusa.

A fotografia é uma atividade bastante versátil, exercida desde amadores até profissionais, que devem utilizar câmeras profissionais ou semiprofissionais.

Dessa maneira, antes de fazer a escolha de sua câmera, é preciso levar alguns fatores em consideração para avaliar os produtos existentes no mercado.

Funções como ISO, abertura do diafragma, quantidade de megapixels e até mesmo a troca de lentes são fatores essenciais e devem ser considerados antes do momento da escolha.

O ISO é responsável pela sensibilidade da câmera em relação à luz: quanto maior o ISO, menor quantidade de luz será necessária no momento da captura da imagem. Sendo assim, é ideal utilizar essa função em fotos noturnas para obter imagens de alta qualidade mesmo em ambientes com pouca luz.

A abertura do diafragma também é essencial para se ajustar a entrada de luz; dessa maneira, o ideal é também configurar essa função no momento da captura de imagens noturnas. Quanto maior for a abertura do diafragma, menos luz é necessária na hora do registro.

Já os megapixels são um fator intimamente ligado à resolução das imagens. É importante saber que um megapixel é formado por mil pixels. No entanto, atualmente é viável concentrar cada vez mais megapixels em dispositivos de tamanho reduzido.

Não é à toa que os smartphones cada vez mais trazem câmeras de boa qualidade. No entanto, a boa resolução de uma imagem não depende apenas da quantidade de megapixels. O tamanho da tela também é um aspecto para ser avaliado no momento da sua escolha!

Optar por uma câmera que permita a troca de lentes é interessante, já que é possível ter mais autonomia com um mesmo dispositivo. Dessa maneira, ao fazer a substituição da lente, é possível alterar, por exemplo, as configurações de zoom, o que dá ao fotógrafo mais liberdade no momento de produzir as imagens. Assim, é necessário analisar também as opções de lentes para câmeras profissionais.

A verdade é que não é possível apontar qual é a melhor câmera. Isso vai depender muito dos objetivos, sejam eles pessoais ou profissionais. Além disso, é claro que é preciso levar os preços em consideração também. Sendo assim, caso não seja possível desembolsar um valor suficiente, vale começar pelas câmeras semiprofissionais.

Com informações do Terra.