Conheça o Mercado FHOX! O marketplace especializado no mercado de fotografia e imagem!


Como as imagens eram retocadas antes do Photoshop?

Crédito: iStock

Mesmo sem toda a tecnologia de hoje em dia, as fotografias podiam ser alteradas no passado

Hoje em dia é fácil retocar fotos, colocar filtros e diversos tipos de efeito. Os celulares já são equipamentos poderosos para melhorar as fotografias para postá-las ou guardá-las para o futuro. O programa da Adobe, o Photoshop, revolucionou o mundo da fotografia digital no âmbito profissional. No entanto, mesmo antes dessas ferramentas revolucionárias, já eram feitas edições de imagens com outros tipos de técnicas.

Os retoques fotográficos eram possíveis mesmo sem toda a tecnologia que temos hoje. Era possível fazer montagens por meio da adição ou remoção de elementos na fotografia. O processo era feito de maneira artesanal e podia-se retocar o negativo usando tintas, pincéis ou até estiletes. Os profissionais da época também utilizavam outras técnicas como, exposição e colagem para compor os negativos e produzir uma nova imagem.

Além disso, conseguia-se retocar as imagens para remover qualquer tipo de falha ou aumentar o contraste. No próprio quarto escuro, um método usual da época pré-Photoshop era modificar o tempo de revelação e fazer ajustes no que era esperado. Desde que a fotografia passou a existir, os profissionais passaram a pensar em tipos de manipulação.

A sobreposição de negativos era uma técnica comum, bem como o endireitamento de busto em retratos. Também havia a remoção de sardas e até ajuste e abertura dos olhos. A redução de pescoço grosso era possível em uma pequena plástica fotográfica. Colocar um preenchimento de roupa se a pessoa estivesse muito exposta, era considerado de bom tom.

Da mesma forma, a remoção de pessoas na fotografia era trabalhada pelos profissionais do período. Assim, o retrato de uma só pessoa podia ser retirado de uma fotografia em família, por exemplo. Os editores de imagem já desenvolviam o que muitos anos depois foi possível de se fazer digitalmente.

Um dos componentes mais importantes para esse trabalho de antigamente era a iluminação. Para se fazer um recorte certeiro, a presença do sol ou de uma luminária de teto à noite era essencial. A fotografia se faz com a exposição correta da luz em um equipamento para compor a imagem. Portanto, quem dominava a entrada de luz  criava uma foto que não precisava de tantos retoques na pós-produção.

Hoje em dia, com as fotografias sendo capturadas digitalmente, não há necessidade em ter economia de filme e a precisão de antigamente. Basta tirar numerosas fotos e depois apagar as que não ficaram boas. No passado, a precisão das fotografias era fundamental, já que não poderia haver desperdício de material.