News 3 anos atrás | Redação

Brasileiros são premiados no World Press Photo

Além dos brasileiros, o fotógrafo que registrou o assassino do embaixador russo na Turquia também foi premiado pelo World Press Photo

por Revista FHOX

Os brasileiros Lalo de Almeida e Felipe Dana foram premiados no World Press Photo. Lalo ficou em segundo lugar na categoria Questões Contemporâneas – Histórias do World Press Photo, um dos prêmios de fotojornalismo mais celebrados do mundo, com uma reportagem sobre as vítimas do Zika vírus para a Folha de S. Paulo, publicada em dezembro de 2016.

Já Felipe, da Associated Press, ficou em terceiro lugar na categoria Notícias – Individuais, com o registro da explosão de um carro-bomba próximo a veículos das forças especiais iraquianas que avançavam em direção a um território dominado pelo Estado Islâmico em Mosul, Iraque.

FelipeFelipe Dana

O alemão Peter Bauza ficou em terceiro na mesma categoria que Lalo de Almeida com um ensaio sobre o “Copacabana Palace”, um suposto condomínio de classe média inacabado há mais de 30 anos no subúrbio do Rio de Janeiro, que hoje abriga mais de 300 famílias sem-teto vivendo em condições precárias.

PeterPeter Bauza

Como nós já contamos para vocês, o prêmio de Fotografia do Ano foi para a imagem do fotógrafo da Associated Press Burhan Ozbilici, que mostra o assassino do embaixador russo na Turquia dando um grito e apontando para o alto, pistola em mãos, logo após disparar contra o diplomata.