Apoie a FHOX Impressa e garanta recompensas incríveis!


Arte da trincheira

Soldados norte-americanos da Segunda Guerra Mundial usavam a fotografia como lembrança e amuleto para encarar os combates

Essa saiu no site Vintage News. Segundo a publicação, os combatentes norte-americanos da Segunda Guerra Mundial usavam os materiais feitos de plexiglas de aviões abatidos como porta-retratos adaptados na empunhadura das pistolas. Uma forma de ter a pessoa amada sempre por perto. Uma forma de manter o nível de saudade e solidão sob controle. Quando o soldado não tinha alguém próximo acabavam decorando com fotografias de mulheres ao estilo pin-ups.

O fato é que a foto impressa sempre fez parte das guerras desde de que a fotografia foi inventada e a revelação se popularizou. Os soldados levavam fotos no capacete, na carteira e essa adaptação nos armamentos acabou como uma aplicação inesperada para armas letais. Uma fotografia para relembrar quem eles amavam, um ato de certa forma paradoxal. Já que essa mesmas pistolas eram usadas para combater e matar. Tudo em nome da liberdade, claro.