Conheça o ImageCon - Conferência do Imaginário

Arara-azul e outras dez mil fotos fazem parte de acervo de fotógrafo

[media-credit name=”Marcelo Calazans” align=”alignleft” width=”300″]louva_deus[/media-credit]

O fotógrafo de natureza Marcelo Calazans tem um acervo de mais de dez mil imagens. Desde 2006, Calazans faz expedições em busca de novas espécies. De moto, o fotógrafo explora as regiões de Campo Grande, Mato Grosso do Sul, cidade onde nasceu. “Às vezes, saio sem rumo; pego uma das saídas da cidade e, onde encontro verde e terra, entro e começo a registrar”, diz.

Ao fazer os registros, ele sente que recarrega as energias. “Me sinto parte do ‘todo’ que nos cerca”, afirma. Motivo de orgulho para Calazans é o registro de um urubu-rei. Ele pretende, ainda, registrar animais como a onça-pintada, a sucuri e a harpia, “espécies-sonho” de muitos fotógrafos de natureza.

[media-credit name=”Marcelo Calazans” align=”aligncenter” width=”620″]coruja_buraqueira[/media-credit]

O fotógrafo recorda-se do episódio em que clicou a fuga de uma onça-parda em ambiente urbano. Conta que foi o único a registrar o animal e se alegra com o final feliz dessa história: a onça foi capturada, teve a saúde verificada, recebeu um chip e foi solta em uma mata dias depois.