News 3 anos atrás | Redação

Morre Seiro Takayama, imigrante japonês e fotógrafo de São Paulo

Seiro Takayama ganhou notoriedade fotografando personalidades japonesas e ficou conhecido como mestre na arte de fotografar pessoas

por Revista FHOX

Aos 98 anos, faleceu no último 17 de setembro, o Sr. Seiro Takayama, imigrante japonês considerado um dos maiores fotógrafos sociais de São Paulo nas décadas de 1950 a 1970 e ganhador de inúmeros prêmios.

nota-de-falecimento

Takayama chegou ao Brasil na década de 1930 e inicialmente se instalou no interior de São Paulo para trabalhar na agricultura. Logo após uma viagem ao Japão, onde estudou fotografia, começou a fotografar famílias da região. Na década de 1950 mudou-se para a capital, onde montou um estúdio no bairro da Liberdade.

Ganhou notoriedade fotografando as personalidades japonesas da cidade e ficou conhecido como um mestre na arte de fotografar pessoas. Fotografias de casamentos, formaturas, políticos, artistas e grandes eventos eram as áreas em que Takayama mais se destacava, fixando seu nome na fotografia brasileira.

Takayama sempre compartilhou com as pessoas que o acompanhavam os segredos da fotografia, acreditando que o conhecimento era algo que tivesse que ser compartilhado. Foi assim, que na década de 1980, a convite da Fujifilm Brasil, ministrou cursos de fotografia pelo País, ensinando aos mais jovens a arte que o consagrou, deixando um legado expressivo no mercado da fotografia.

Takayama se aposentou profissionalmente em 1998, mas continuou fotografando.