News 2 anos atrás | Diogo Amorim

Adobe abre mão de Creative Suite para se dedicar ao Creative Cloud

A partir de agora, a empresa criou vários pacotes com preços diferenciados para assinaturas mensais

por Revista FHOX

creative-cloud

A versão CS6, da Adobe, foi lançada em maio de 2012 e foi comercializada até o início desse ano. Ela unia os softwares de criação da Adobe, como Photoshop, Premiere e InDesign, em um único pacote e comercializava por um preço fixo.

Segundo a PetaPixel, desde o dia 9 de Janeiro, a Creative Suite foi definitivamente extinta do mercado. Há algum tempo já estava difícil comprá-la. Um site antigo do produto dizia “Sim, você ainda pode comprar os produtos CS6 telefonando para o call center da Adobe, mas por que você iria querer isso?”. Agora, a mensagem foi atualizada para “Os apps de criação da Adobe estão disponíveis exclusivamente pela Creative Cloud”.

A partir desse mês, a Adobe reservará todas as suas forças para focar na Creative Cloud, que além de todos os softwares, ainda tem um espaço na nuvem para armazenar todos os arquivos originários dos programas da empresa.
Para adquirir o Creative Cloud, porém, não basta apenas pagar de uma vez só e ter uma licença vitalícia. Nesse novo molde, o pagamento é feito mensalmente através de uma assinatura de R$ 210,00 por mês. Os valores podem modificar se você for estudante, professor, ou fizer um contrato de empresa.