Participe do SIM. Semana do Imaginário Materno!


A importância do marketing na fotografia

Atrair e manter clientes é a base desse tema. A grande questão do momento é entender como a evolução do marketing deixou de ser só vender e manter os clientes por perto

Você pode ser fotógrafo e não ser profissional. Isso quer dizer que entusiastas e apaixonados por fotografia não precisam de marketing já que não vivem disso. Agora quando envolve um serviço e a venda de produtos com fotografia o marketing é elemento fundamental. Algo que vale para lojas de fotografia, empreendedores de fotografia em geral, estúdios, empresas de foto de formatura e por aí vai. Viver de fotografia pressupõe ter marketing. Isso porque precisamos de clientes e de preferência que eles retornem. Então qual o motivo de tantos negócios de foto terem dificuldade com o assunto? Primeiro, porque muitos atuam no formato marketing 1.0, de vender algo para alguém. Sem estratégia e sem a preocupação de ter um impacto maior para aquela pessoa que será atendida. A ideia aqui é empurrar um produto/serviço.

girl in blue dress holding camera figurine

Como o marketing evoluiu na fotografia? – nos últimos 10 anos saltamos de um modelo de relacionamento estático e presencial para um mundo em tempo real sendo transmitido de qualquer lugar. Agora os clientes tem supercomputadores nos bolsos e conseguem pesquisar tudo na hora que quiserem. A relação com negócios de todo o tipo mudou e o protagonismo se voltou para cada pessoa. Aliás, isso vale até para as fotos que esses consumidores criam com suas selfies e vídeos divertidos para TikTok e afins. O consumidor como termo virou uma palavra pesada, fria. Especialmente na fotografia que envolve vender vaidade, emoção e memórias. No fim, o novo marketing da fotografia feito por aqueles que estão indo bem envolve o “um a um”. Na prática isso quer dizer atender de forma personalizada e com foco em valor e não volume. e mesmo que venda em volume (se possível) não passa essa ideia de massificado. Cases que vão bem com estúdios, fotógrafos, marcas da fotografia estão de olho não só na venda do serviço/produto. Na verdade estão investindo em experiências e entregar customizadas que passam desde o produto até o próprio momento da sessão. Isso no caso de fotógrafos. Para marcas vem sendo a busca pela comunidade. De ter por perto as pessoas e dar suporte ao mesmo tempo que oferece o produto/serviço.

Os desafios do marketing na fotografia:

  • Estar perto de forma humana em tempos tão digitais
  • Criar algo de valor e conseguir gerar alguma escala sem massificar
  • Criar experiências seguras e encantadoras em tempos de pandemia
  • Ser rápido e atencioso nos prazos e no atendimento
  • Ser lembrado sempre quando o assunto é fotografia
  • Fugir da guerra de preço, sem ficar inacessível
  • Não cair na mesmice replicando regras do mercado
  • Valorizar e criar produtos diferenciados
black and silver point and shoot camera

A fotografia e o marketing 5.0 – Nessa nova fase abusamos da tecnologia para criar ofertas únicas, diferenciadas e em tempo real. E isso não é fácil não. O marketing deixou de ser só atrair e manter clientes para se tornar uma forma de mudar comportamentos justamente entendendo o que as pessoas querem. Vemos marcas e negócios criando dessa forma. Conversando primeiro e entendendo o que a pessoa quer para daí entregar. Não muito diferente daquele fotógrafo da família que conhece cada os interesses de quem atende porque conversou com as pessoas. Simples assim. Conversa, pesquisa e interesse real usando os recursos tecnológicos mas sem perder o foco humano. O marketing 5.0 é sobre isso: criar para para humanos. E a fotografia traz a grande vantagem de quebrar as barreiras racionais com uma entrega emotiva e sensível. Quem quiser seguir na venda pela venda pode até ter algum resultado, mas assim vai insistir em algo que tende ao comparativo que se inclina ao preço. O que vai na contramão do poder do efeito emocional do negócio de fotografia. Logo, são duas escolhas: batalhar nas artimanhas promocionais com tendência de desvalorizar sua marca ou optar pelo desafio do trabalho de um marketing mais humano e em tempo real.

Uma escolha importante pois vai determinar a posição do seu negócio de fotografia no pós-pandemia…

No próximo conteúdo vou dar um passo para trás e abordar outra pergunta mais importante para orientar esse novo marketing: quem é você nessa história toda?

Quer mergulhar no assunto e investir no seu negócio? Então aproveite a promoção: Marketing Básico para Fotógrafos: aulão e ebook com desconto – FHOX