Participe do SIM. Semana do Imaginário Materno!

5 dicas para organizar melhor seus equipamentos fotográficos em viagens

Câmeras, lentes e outros atributos são produtos caros que devem ser muito bem cuidados durante longas viagens, para que não percam sua qualidade


(Crédito: iStock)

O olhar do fotógrafo é tão importante quanto a qualidade e o desempenho de seus equipamentos, visto que são os produtos que transpassam o brilho especial visto especificamente pelas pupilas do usuário.

Para ter certeza de que esses produtos sejam bem remanejados durante todo o trajeto, confira estas cinco dicas.

Não despachar os equipamentos

Primeiramente, é de suma importância manter tudo em uma única bolsa de fotografia, para evitar qualquer chance de furto ou extravio durante viagens (principalmente de avião, em que é permitido uma câmera por passageiro). Vale lembrar ainda que, caso seja uma viagem para o exterior, é recomendado manter a nota fiscal do equipamento comprovando a compra no Brasil.

Organizar a mochila


(Crédito: iStock)

Uma bagagem de dez quilos é relativamente pouco para um fotógrafo. Por isso, organizar a mochila de tal forma que os produtos não se risquem traz segurança e previne futuros problemas. É essencial priorizar as lentes, que devem ser colocadas em algum ambiente de proteção, como plástico-bolha, para evitar que as lâminas de dentro se estilhacem durante a viagem. 

Além disso, na hora de escolher qual fonte de descarga levar, é importante incluir um notebook Lenovo ou iPad, pois ambos são finos e resistentes o suficiente para caber na mala sem ocupar muito espaço e fazer o processo de descarga e edição de fotos de forma rápida e prática. 

Não levar mais que o necessário

Considerar o limite de dez quilos como um mantra e não levar mais que o necessário é o recomendado. Os itens fundamentais são: dois corpos de câmera, 4 lentes, 2 flashes, um notebook e um tripé. Assim, é possível fazer um trabalho de fotógrafo profissional em um evento, ou até mesmo o de um iniciante, ou aspirante da área em um passeio.

Escolher os corpos de câmera certos para cada ocasião

(Créditos: iStock)

É interessante também escolher o corpo certo, a partir de para onde viajar e que tipo de fotos tirar, já que, no local, é impossível usar o material que não foi levado. Uma Nikon D300 pode ser muito bem utilizada com uma lente 18-55 mm em casos de um passeio simples em uma cidade turística. Já uma Canon T61, com uma Fujifilm 50-230 mm, pode ser muito mais útil caso decida acampar em um lugar bem alto. Ao mesmo tempo, existe ainda a possibilidade de levar um corpo padrão, como uma Canon T1, e uma lente 50 mm para fazer belíssimos retratos em uma viagem a dois.

Check-list

Por serem produtos caros, devem sempre estar acompanhados e em segurança. Manter um check-list atualizado sobre todos os equipamentos ajuda a ter certeza de que está tudo certo e organizado dentro e fora da mochila que os carregará.

(Crédito: iStock)