Conheça o Mercado FHOX! O marketplace especializado no mercado de fotografia e imagem!


Twitter proíbe postar fotos de pessoas sem consentimento

A novidade já começou a valer para quase todas as fotos e vídeos que contenha pessoas que não deram permissão para que suas imagens fossem postadas

A nova regra é uma extensão da política de proteção à privacidade da empresa e tem como objetivo defender os direitos dos usuários. Importante destacar que a medida foi posta em prática apenas um dia depois que o ex-CEO, Jack Dorsey renunciou ao cargo. O novo CEO é Parag Agrawal. Parag entrou no Twitter em 2011 como engenheiro e anteriormente ocupou o cargo de Diretor de Tecnologia.

O Twitter postou sobre a novidade esclarecendo tudo: “A partir de hoje, não permitiremos o compartilhamento de mídia privada, como imagens ou vídeos de indivíduos sem o seu consentimento” e um Tweet adicional afirma que “Compartilhar imagens é uma parte importante da experiência das pessoas” no Twitter. As pessoas devem ter a escolha de determinar se uma foto é compartilhada publicamente ou não. Para isso, estamos expandindo o escopo de nossa Política de Informação Privada.”

person holding black android smartphone

Certas exceções existem como o próprio Twitter descreveu: “Esta política não é aplicável à mídia com figuras públicas ou indivíduos quando a mídia e o texto do Tweet que acompanha são compartilhados no interesse público ou agregam valor ao discurso público.” Algo bem vago. Ou seja, não está claro como é esse interesse público e o que determina uma pessoa como “figura pública”.

Como vai funcionar? a retirada não será automática e deve ser requerida pelo usuário. Caso seja aprovada, a conta que publicou a imagem será bloqueada até a remoção do conteúdo. Para fotografia de rua e eventos e outras situações isso gera uma série de desafios.

Veja o termo completo no texto abaixo:

Expandindo nossa política de informações privadas para incluir mídia

Por Twitter

Como parte de nossos esforços contínuos para construir ferramentas com privacidade e segurança no centro, estamos atualizando nossa política de informações privadas existente e expandindo seu escopo para incluir “mídia privada”. De acordo com nossa política existente, a publicação de informações privadas de outras pessoas, como números de telefone, endereços e IDs, já não é permitida no Twitter. Isso inclui ameaçar expor informações privadas ou incentivar outras pessoas a fazê-lo.

Há preocupações crescentes sobre o uso indevido de mídia e informações que não estão disponíveis em outros lugares online como uma ferramenta para assediar, intimidar e revelar as identidades dos indivíduos. Compartilhar mídia pessoal, como imagens ou vídeos, pode potencialmente violar a privacidade de uma pessoa, podendo levar a danos emocionais ou físicos. O uso indevido da mídia privada pode afetar a todos, mas pode ter um efeito desproporcional sobre mulheres, ativistas, dissidentes e membros de comunidades minoritárias. Quando recebermos um relatório de que um Tweet contém mídia privada não autorizada, agora tomaremos medidas de acordo com nossa gama de opções de aplicação.

Embora nossas políticas existentes e as regras do Twitter cubram casos explícitos de comportamento abusivo, esta atualização nos permitirá tomar medidas sobre a mídia que é compartilhada sem qualquer conteúdo abusivo explícito, desde que seja postada sem o consentimento da pessoa retratada. Isso faz parte do nosso trabalho contínuo para alinhar nossas políticas de segurança com os padrões de direitos humanos, e será aplicado globalmente a partir de hoje.

O que está violando essa política?

Sob nossa política de informações privadas, você não pode compartilhar os seguintes tipos de informações privadas ou mídia, sem a permissão da pessoa a quem pertence:

  • informações de endereço residencial ou localização física, incluindo endereços de rua, coordenadas gps ou outras informações de identificação relacionadas a locais considerados privados;
  • documentos de identidade, incluindo identidades emitidas pelo governo e segurança social ou outros números de identidade nacional – nota: podemos fazer exceções limitadas em regiões onde essas informações não são consideradas privadas;
  • informações de contato, incluindo números de telefone pessoal não públicos ou endereços de e-mail;
  • informações da conta financeira, incluindo dados de conta bancária e cartão de crédito; e
  • outras informações privadas, incluindo dados biométricos ou prontuários médicos.
  • NOVA: mídia de indivíduos privados sem a permissão da pessoa(s) retratada.

Os seguintes comportamentos também não são permitidos:

  • ameaçando expor publicamente as informações privadas de alguém;
  • compartilhar informações que permitam que os indivíduos hackeiem ou obtenham acesso às informações privadas de alguém sem o seu consentimento, por exemplo, compartilhando credenciais de login para serviços bancários on-line;
  • pedindo ou oferecendo uma recompensa ou recompensa financeira em troca de postar informações privadas de alguém;
  • pedindo uma recompensa ou recompensa financeira em troca de não postar informações privadas de alguém, às vezes referidas como chantagem.

Quando informações privadas ou mídia foram compartilhadas no Twitter, precisamos de um relatório em primeira pessoa ou um relatório de um representante autorizado para determinar que a imagem ou vídeo tenha sido compartilhado sem sua permissão. Saiba mais sobre reportagens no Twitter.

Compartilhando mídia privada

Quando formos notificados por indivíduos retratados, ou por um representante autorizado, de que eles não consentiram em ter sua imagem privada ou vídeo compartilhado, vamos removê-la. Esta política não se aplica à mídia com figuras públicas ou indivíduos quando a mídia e o texto do Tweet que acompanha são compartilhados no interesse público ou agregam valor ao discurso público.

No entanto, se o objetivo da disseminação de imagens privadas de figuras públicas ou indivíduos que fazem parte de conversas públicas é assediar, intimidar ou usar o medo para silenciá-los, podemos remover o conteúdo de acordo com nossa política contra comportamentos abusivos.. Da mesma forma, imagens privadas nuas de indivíduos públicos continuarão a ser acionadas sob nossa política de nudez não consensual.

Reconhecemos que há casos em que os titulares de contas podem compartilhar imagens ou vídeos de indivíduos privados em um esforço para ajudar alguém envolvido em uma situação de crise, como no rescaldo de um evento violento, ou como parte de um evento digno de notícia devido ao valor do interesse público, e isso pode superar os riscos de segurança para uma pessoa.

Sempre tentaremos avaliar o contexto em que o conteúdo é compartilhado e, nesses casos, podemos permitir que as imagens ou vídeos permaneçam no serviço. Por exemplo, levaríamos em consideração se a imagem está disponível publicamente e/ou está sendo coberta pela mídia mainstream/tradicional (jornais, canais de TV, sites de notícias online), ou se uma imagem específica e o texto do tweet que acompanha agrega valor ao discurso público, está sendo compartilhado de interesse público ou é relevante para a comunidade.

Sentir-se seguro no Twitter é diferente para todos, e nossas equipes estão constantemente trabalhando para entender e atender a essas necessidades. Sabemos que nosso trabalho nunca será feito, e continuaremos investindo em tornar nosso produto e políticas mais robustos e transparentes para continuar a ganhar a confiança das pessoas que utilizam nosso serviço.