Negócios 2 semanas atrás | Leo Saldanha

SweetEscape: mais um serviço tipo Uber de fotografia recebe novo aporte milionário

A startup de fotografia com engenhoso sistema de inteligência artificial atende famílias, casamentos e até empresas. Nova rodada de investimento deve arrecadar US $ 6 milhões. Empresa já está presente em 100 países

por Revista FHOX

SweetEscape tem uma proposta engenhosa. Os clientes podem reservar com um toque de dedo uma sessão em menos de 1 minuto. As fotos editadas podem ser baixadas dentro de 48 horas. A startup de fotografia tem sede na Indonésia e acaba de receber uma rodada de 6 milhões de dólares da Openspace Ventures e da Jungle Ventures. Com o aporte, a empresa vai investir em mais desenvolvimento de recursos de inteligência artificial e melhorar a presença na Ásia. A SweetEscape fica em Jacarta e conta com 100 funcionários que estão espelhados em escritórios em Singapura, Manila e Jacarta. A empresa espera dobrar de tamanho até o fim de 2019.

Fundada em 2017, a empresa foi criada por David Soong e Emile Etienne. Vale ressaltar que os dois empresários já tinham fundado antes a Bridestory, plataforma digital voltada para o mercado de casamentos. Agora com a SweetEscape, a oferta é de fotógrafos locais para turistas. Um serviço com curadoria local que já está presente em mais de 500 cidades de 100 países. Atendendo tanto empresas quanto consumidores finais.

Mais do que atrair novos fotógrafos e clientes para a base, a marca quer ajudar a capacitar profissionais e também com suporte em edição, pós-produção. Tudo para que o fotógrafo possa se ocupar de clicar e deixar essa parte que toma tempo por conta da empresa. Algo que se assemelha muito a Meero, startup francesa que apresentamos recentemente em matéria da FHOX. O que ambas tem como missão é claro: entregar conteúdo visual de qualidade para consumidores e empresas. 

Com o aplicativo da SweetEscape, os clientes podem reservar uma sessão de fotos em menos de 1 minuto. Depois que o serviço é feito pelo profissional contratado as fotos entram disponíveis para o consumidor em no máximo 48 horas. Segundo diversas matérias de sites de tecnologia da Ásia, a empresa está focada em ser líder em tecnologia e inovação com imagens da região. Um mercado que por lá movimenta 80 bilhões de dólares somando fotografia de casamento, família e eventos sociais. Soong, fundador da marca, disse que a missão é capacitar a comunidade de fotógrafos, oferecendo aos consumidores acesso a fotos de qualidade em qualquer lugar do mundo. 

Leia também: FHOXCast em nova fase

O curioso é que o próprio fundador é fotógrafo faz 20 anos. Na visão dele, um profissional gasta em média 70% do tempo sem fotografar. Com atividades que tomam tempo e são repetitivas como tratamento e fluxo. “Nossa plataforma facilita a vida do fotógrafo. A gente lida com 80% do fluxo de trabalho e pós-produção. Aumentamos a produtividade e renda. Permitimos que eles se ocupem mais da paixão” disse ele. Com o investimento que entrará no negócio, a SweetEscape deve acelerar e automatizar ainda mais esses processos com ajuda de inteligência artificial. 

Como o negócio surgiu? como uma plataforma para atender exclusivamente o segmento de viagens. Em pouco tempo os donos notaram que o uso da ferramenta ia muito além dessa categoria. Foi quando passaram a servir casamentos, formaturas, aniversários e afins. Todo o tipo de sessão ou cobertura fotográfica que pudesse atender o mercado de fotografia social. “Vamos concentrar esforços em fortalecer nossa posição na Ásia enquanto construímos também nossa presença em novos mercados pelo mundo” disse Emile Etienne, co-fundador.

Outro setor que a empresa vai enfocar mais é de corporações. Aliás, já estão atendendo negócios como a WeWork, P&G e HSBC. Seja para ajudar na fotografia de imóveis, retratos corporativos e alimentos. Um detalhe importante: na Indonésia o serviço prevê o pedido de fotos impressas também via app. 

>> UMA NOVA FORMA DE ACESSAR O CONTEÚDO FHOX 

Se você tem uma matéria, um relato, uma coluna, um tutorial ou qualquer outro tipo de conteúdo e quer contribuir com o FHOX.com.br, nos envie! Nosso departamento de redação vai analisar e, se aprovado, será publicado e assinado por você, respeitando todas as regras do direito autoral. Colabore clicando aqui: Você na FHOX.