Negócios 1 ano atrás | Leo Saldanha

Snapchat contra-ataca

por Revista FHOX

Empresa lançou uma agressiva campanha de marketing com o Instagram como alvo direto

Arte: Digiday

O Snapchat criou o Stories e até um tempo atrás era considerada a rede social mais promissora. Daí veio o Facebook e copiou o Stories em todos os seu produtos e o Snap sentiu o baque. Vale lembrar que o Facebook tentou comprar o Snapchat, mas o fundador e CEO Evan Spiegel não topou. Logo, Mark Zuckerberg começou uma estratégia de ataque com tentativas de criação de apps (não deu certo) até que o lançamento do recurso no Instagram levou a migração de usuários do Snap para o Insta. O fato é que o Stories do Instagram é considerado uma verdadeira rede social dentro da rede social. Contudo, as mudanças frequentes no Instagram e a “facebooktização” da plataforma levaram muitos jovens a abandonar o Instagram nos últimos tempos. A nova alteração escondendo curtidas teria reduzido uso e engajamento nos países onde o teste ocorre (entre eles o Brasil). Pois agora com os dados financeiros positivos anunciados e crescimento na base de usuários, o Snapchat decidiu contra-atacar.

Leia também: Quem realmente está ganhando dinheiro com fotografia?

O Snap primeiro lançou uma campanha com instagrammers que possuem milhões de seguidores. Com frases provocativas e que remetem ao design do Snapchat e ao verdadeiro valor da amizade. Na sequência veio uma forte publicidade na mídia norte-americana. Segundo a empresa digital, essas publicidades serão estendidas para outros países. Com direito anúncios na tevê, online, rádio e revistas e outdoor. O fato é que o Snap cresceu em 12% em número de usuários. A receita cresceu para quase 400 milhões de dólares e a base total de Snappers passou para mais de 200 milhões de pessoas.

De acordo com informações do CanalTech: “O crescimento de nossa comunidade, engajamento e receita são resultados de várias transições que completamos nos últimos 18 meses”, disse o CEO da Snap, Evan Spiegel, em comunicado. “Estamos ansiosos para seguir nosso ritmo e realizar significantes e contínuos progressos em cada uma dessas áreas”. O executivo atribuiu a alta ao recente redesign do Snapchat no aplicativo para Android. “Quando lançamos o Snapchat há mais de sete anos, não tinha nada a ver com capturar o ‘momento Kodak’, ou tentar aparentar uma beleza ou perfeição em uma foto”, disse a Snap, empresa responsável pela plataforma, em um post em seu blog. “Nós queríamos criar uma forma para que nossos amigos pudessem se expressar e compartilhar como se sentiam naquele momento”.

>> Nova turma da Escola de Negócios FHOX (27 de agosto) 

Amigos de verdade! Essa nova investida do Snapchat tem relação com acertos no design renovado do app e também no reforço do aspecto que valoriza as relações verdadeiras. Traduzindo: enquanto o Instagram e outras redes sociais tentam ficar menos nocivas. O que o Snapchat indica em sua campanha é muito claro: ser a rede social que valoriza relacionamentos verdadeiros e amizade. Enquanto provoca que o Instagram mais parece uma competição para ver quem tem mais amigos e curtidas. Se essa campanha vai ajudar a atrair mais pessoas para o Snapchat já é outra história.

>> UMA NOVA FORMA DE ACESSAR O CONTEÚDO FHOX 

Se você tem uma matéria, um relato, uma coluna, um tutorial ou qualquer outro tipo de conteúdo e quer contribuir com o FHOX.com.br, nos envie! Nosso departamento de redação vai analisar e, se aprovado, será publicado e assinado por você, respeitando todas as regras do direito autoral. Colabore clicando aqui: Você na FHOX.