Conheça o ImageCon - Conferência do Imaginário

Quanto vale o negócio da selfie?

A FHOX já abordou sobre esse fenômeno chamado Meitu Inc. Uma empresa que cria aplicativos para embelezamento de autorretratos. Deixar mais magra, maquiagem e outras funções estão entre os recursos disponíveis na linha de apps da empresa. Os jovens são o alvo. Na Meitu as selfies são tratadas como uma verdadeira ciência. A empresa usa tecnologia de reconhecimento facial e 3D para transformar os retratados. Os números impressionam: são quase 4 bilhões de fotos editadas com apps Meitu por mês!!! Na loja chinesa da Apple (iOS) o aplicativo MeituPic é o mais baixado faz tempo. Supera até o Baidu (rede social chinesa que incomoda o Facebook por lá).

beautyCAM
A corporação estaria em fase final de negociação para abrir a oferta pública de ações. A expectativa é de que Meitu capte ao menos 5 bilhões de dólares. Meitu conta com 450 milhões de usuários ativos mensais! A ideia dos investidores é aumentar a receita com a venda de propaganda e e-commerce dentro dos aplicativos Meitu. Faz sentido, já que poderia anunciar cosméticos e roupas e outros itens de beleza e moda. O potencial é gigantesco.

354417

Importante destacar que hoje o 95% do faturamento vem sobretudo da venda de aparelhos de smartphone. Os especialistas mostram-se um tanto céticos com a possibilidade da Meitu de fazer uma virada digital e passar a ganhar mais dinheiro com os apps do que com a venda dos dispositivos.

meitu1

Seja como for, o IPO tem tudo para ocorrer de fato e ser um dos maiores da Ásia desde a última década. A empresa planeja usar 35% do capital aportado para expandir a divisão de hardware (smartphones) e 25% para outros investimentos e aquisições.

img_08111468338551
Um dos executivos mais importantes da Meitu antes era fotógrafo de retratos

Morgan Stanley, Credit Suisse Group AG são alguns dos investidores envolvidos na operação. A propósito, Meitu é líder de mercado e concorre com outros 100 apps chineses de selfie.