Smartfhox 2 meses atrás | Leo Saldanha

O mercado de drones deve triplicar de tamanho até 2023

por Revista FHOX

Dados foram divulgados em estudo da agência de aviação dos Estados Unidos

A Federal Aviation Administrion (FAA) diz que o mercado já está aquecido. Inclusive superou as projeções para esse momento da categoria no mundo. O que levou a entidade a refazer projeções até 2023. Segundo o estudo, o mercado de drones vai triplicar de tamanho nos próximos quatro anos. A projeção considera a evolução do segmento até 2039. O setor mais forte de drones é a da parte comercial com números muito acima do esperado nesse momento é que deve ampliar ainda mais nos próximos anos.

A análise da FAA envolve não só o mercado norte-americano, mas também outras partes do mundo. Só nos Estados Unidos mais de 900 mil pessoas registraram drones até o fim de 2018. Contudo, a estimativa é que outros 1.25 milhões estejam em uso sem registro para para aplicações domésticas.

O avanço forte nas vendas para o futuro tem explicações óbvias. Primeiro, a queda no preço dos modelos. Segundo, usos e aplicações em funções nunca antes imaginadas. Crescerá ainda a aplicação desses dispositivos pelas grandes marcas como Amazon, Google, WalMart e outras corporações. Recentemente um drone foi usado para levar um órgão humano para transplante de emergência nos Estados Unidos. Existe uma parte desse mercado com desacelaração nas vendas: os drones para diversão e hobby.

Leia também: FHOXCast em nova fase

Na fotografia e em vídeo as formas de usar e empreender também avançam. Com equipamentos menores e mais sofisticados. Recursos como inteligência artificial já se tornaram comuns. A qualidade de foto e vídeo também se sofisticou. E mais: os profissionais que atuam com essa tecnologia estão operando os equipamentos em mercados como construção civil, lançamentos imobiliários, agrobusiness, governo e muito mais. O faturamento médio mensal de um empreendedor de segmento está na faixa dos 15 mil reais e com horizonte de ganhos ainda maiores. Importante: essa faixa de ganho vale mais fora do mercado de foto e vídeo social já que envolve negócios voltados para outros negócios (B2B).

Leia também: Movimento Imprimir 

Se você tem uma matéria, um relato, uma coluna, um tutorial ou qualquer outro tipo de conteúdo e quer contribuir com o FHOX.com.br, nos envie! Nosso departamento de redação vai analisar e, se aprovado, será publicado e assinado por você, respeitando todas as regras do direito autoral. Colabore clicando aqui: Você na FHOX.