Mercado 2 anos atrás | Regina Sinibaldi

Um objeto polivalente bom de vendas

Mercado de drones segue aquecido aqui e lá fora. E com projeção de mais crescimento para os próximos anos

por Revista FHOX

dji_cp_pt_000500_mavic_pro_1285011

Um indicador de como está o mercado de drones no País vem do Walmart. O maior varejista do mundo registra aumento na venda desses equipamentos. O modelo DJI Mavic Pro cuja comercialização foi iniciada em abril passado, por exemplo, teve um aumento de 433% desde o seu lançamento até julho.

4ca17609bbf04f835dd292a4353c2a93

 

Na avaliação do vice-presidente comercial do Walmart.com, Guilherme Matiello, “o drone é o gadget do momento, assim como tivemos a época da câmera digital e depois da câmera de ação, mas com uma vantagem, já que o drone junta todos os atributos de produtos como smartphone, câmera de ação e videogame em uma única plataforma. Percebemos também, por se tratar de um aparelho polivalente, que pessoas o procuram tanto para diversão e lazer, quanto com propósitos comerciais – geomapeamento, monitoramento de plantações, segurança, fotos e filmagem de eventos, por exemplo”.

>> LG vai lançar primeiro drone phone

maxresdefault (2)

Levantamentos da DroneShow Latin America apuraram 720 empresas de drone no País no primeiro semestre, com previsão de ultrapassar mil até o fim de 2017. Segundo o estudo, 87% delas atuam na prestação de diversos tipos de serviços. As cidades do interior são as mais procuradas pelos empreendedores. Conforme a pesquisa, 60% das empresas estão sediadas nessas localidades, enquanto as capitais respondem por 40% das empresas mapeadas que, em geral, têm menos de dois anos de mercado. Em maio entrou em vigor a regulamentação da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) para uso comercial de drones que já está impactando positivamente setores como agricultura, mineração, entre outros.

maxresdefault (1)

No ano passado, a Price Whitehouse calculou que o potencial de crescimento e abrangência deste mercado de drones vai muito além do equipamento em si. A expectativa na época era um faturamento de 127 bilhões de dólares para setores de infraestrutura, agricultura, transporte, entretenimento, seguros, mineração e telecomunicações. A Gartner, por sua vez, projetou a venda de seis milhões de drones para uso comercial e recreação em 2017. Um montante que revela números expressivos de movimentação financeira de seis bilhões em dólares. Para 2021 deverão ser vendidos 29 milhões de unidades, segundo a BI Intelligence.

203603kj2ido5f5k254sjz