Indústria 3 anos atrás | Leo Saldanha

Smartphones ajudam nas vendas de câmeras reflex

A informação vem da Índia. Entusiastas tomam gosto pela fotografia com smartphone e acabam evoluindo para DSLRs

por Revista FHOX
Foto: Hindustan Times
Foto: Hindustan Times

“Smartphones podem ajudar nas vendas de câmeras mais avançadas”. Essa é uma frase frequente que ouvimos em diversas entrevistas da FHOX com executivos de fabricantes de câmeras. A notícia de hoje no site Hindustan Times parece comprovar isso. A Canon Índia viu as vendas subirem 26% na categoria de DSLR no primeiro semestre de 2016. Enquanto a Nikon diz que mais de 55% das vendas no segmento vem justamente de usuários de smartphones (isso, segundo um executivo da Nikon entrevistado pelo site). A matéria da HT conta o caso de Avishek Chakorborty (27) que comprou um iPhone 6s e descobriu a partir do aparelho uma paixão pela fotografia. Depois de um tempo ele sentiu a necessidade de mais recursos. Resultado: comprou uma reflex. O artigo indica uma tendência distinta da ideia de que os dispositivos móveis seriam uma ameaça para a indústria de câmeras.

A estratégia da duas principais fabricantes de captura parecem diferentes. A Canon conta com 200 lojas naqueles país e espera abrir outras 40 até o fim do ano. Com forte ataque no canal especializado. Já a Nikon abusa dos eventos com centenas de workshops, participação consistente no YouTube e Nikon School. Seja como for, trata-se do tipo de notícia que um enorme potencial de conversão de usuários de smartphones em compradores de câmeras reflex. É esperar para ver.