News 2 semanas atrás | Leo Saldanha

Facebook anuncia programa de subsídios de US $ 100 milhões para pequenas empresas afetadas pelo coronavírus

A notícia foi divulgada pelo Facebook essa semana e vai atender 30 países onde a empresa opera. Instagram criou um guia de gerenciamento, planejamento e medidas preventivas para o surto do coronavírus

por Revista FHOX

O Facebook anunciou um programa de subsídios de 100 milhões de dólares para pequenas empresas afetadas pela COVID-19. O assunto foi destaque em matéria recente da Forbes internacional. A maior parte do apoio será em dinheiro com também créditos em anúncios para serem usados no Facebook e Instagram. O mais interessante é que as empresas não precisam estar na rede social para fazer a inscrição pedindo o suporte. “Ouvimos as pequenas empresas para entender como podemos ajudá-las da melhor maneira”, disse Sheryl Sandberg, COO do Facebook, em um post das 9h da terça-feira (16).

O Facebook diz que 140 milhões de empresas usam os aplicativos da marca mensalmente. São eles: Facebook, Instagram e WhatsApp. O fato é que as marcas usam os aplicativos para as mais variadas funções. Como divulgação, vendas e relacionamento. O Facebook estima que mais de 200 milhões de pessoas visitam um perfil comercial no Instagram diariamente. Sandberg disse ainda: “nas últimas semanas vimos exemplos inspiradores de indivíduos e grupos se ajudando. Pessoas de todo mundo estão intensificando, enfrentando o enorme desafio à nossa frente. Também queremos fazer a nossa parte”.

“Ouvimos em voz alta e clara que o apoio financeiro pode permitir que eles mantenham as luzes acesas e paguem às pessoas que não podem vir ao trabalho. É por isso que hoje estou anunciando que o Facebook está investindo US $ 100 milhões para ajudar 30.000 pequenas empresas em mais de 30 países onde nossos funcionários vivem e trabalham ”. O Brasil pode estar na lista pois está entre os países onde a marca está presente.

O artigo da Forbes traz ainda o exemplo que o próprio Facebook destacou da fotógrafa Anesha Collins, fotógrafa de casamento da Flórida que usa com frequência o Facebook Live e IGTV para se relacionar com clientes. “As pequenas empresas são o batimento cardíaco de nossas comunidades, e muitas das pessoas que administram essas empresas são fortemente afetadas pela crise – especialmente porque cada vez mais pessoas sensatamente ficam em casa. Quanto mais a crise passa, maior o risco para as pequenas empresas e para os meios de subsistência de seus proprietários e funcionários ”, disse Sandberg. Outra medida do Facebook para ajudar ainda mais as empresas em dificuldades nos Estados Unidos e fora, na semana passada, a empresa anunciou seu Business Hub, que apresenta recursos e recomendações para ajudar as pequenas empresas a permanecerem conectadas aos clientes e manter seus negócios nos trilhos. Também inclui acesso direto a informações confiáveis e precisas sobre o Covid-19 para ajudar as empresas a se manterem informadas.

 

Já o Instagram para negócios lançou um guia de resiliência para o surto da COVID-19. Com dicas e caminhos que as marcas e empreendedores podem seguir nesse período. Uma central de recursos para pequenas empresas e Gerenciamento, planejamento e medidas preventivas para o surto da Covid-19. Saiba mais clicando aqui: Instagram para negócios. 

>> Um exercício R.U.M.O. grátis para você