Conheça o Mercado FHOX! O marketplace especializado no mercado de fotografia e imagem!


Como o produto impresso com foto se tornou uma linha de negócios importante na fotografia

Fotografia não é só clique, aliás é com o produto que muita gente tem faturado de verdade com foto no papel

É fato que os fotógrafos representam o grande volume do mercado. Contudo é sempre bom lembrar que a fotografia não é feita só de cliques. Aliás, hoje existe no ramo um perfil que vem crescendo e que se desenvolveu muito nos últimos anos. O dos micro negócios de impressão de fotos usando apps de mensagens e redes sociais. Pode ser uma conta no Instagram que cria produtos personalizados com foto no papel. Essas, aliás, existem aos montes no Instagram e também no TikTok. São empreendedores e empreendedoras que muitas vezes nem site tem e fazem tudo por ali. No link da bio tem um contato para o WhatsApp ou Telegram. Toda divulgação, relacionamento e vendas ocorre nessas plataformas. Curiosamente muitos desses negócios nem precisam de impressora, pois podem terceirizar o serviço. Embora muitos tenham investido também em equipamentos. Esse novo modelo de operação só deve crescer e é puxado pelo avanço da conectividade das pessoas e por um aspecto novo e poderoso da foto no papel: a personalização. 

Personalizar ofertas de produtos para datas comemorativas ou pensar em produtos únicos (até alguém copiar) e trabalhar na promoção frequente. Isso vem dando muito resultado e vejo cases de gente que sofisticou a oferta do produto personalizado com versões do mesmo item. Seja em tamanhos, quantidades ou mesmo ouvindo as demandas dos clientes. 

Esses negócios vão bem porque são ágeis, criam para os clientes (ouvem) e estão presentes no canal que as pessoas estão (o Brasil é campeão em participação nas redes sociais). 

Enquanto isso, fotógrafos lutam para vender fotos lindas só digitais ou criam produtos do tipo mais do mesmo e reclamam da guerra de preços. Talvez seja o momento de reflexão de que com produto (ou lançando uma linha só de impressão) os profissionais possam trabalhar com volume e até preço acessível sem se preocupar com o tempo (de edição e de quantidade de sessões). Na prática isso parece inviável, porque o lado “paixão” da fotografia para fotógrafos parece sempre falar mais alto. Enquanto isso, empreendedores da impressão nesses novos formatos de atuação crescem e vendem. 

Quer desenvolver um produto diferenciado e de apelo para faturar mais com foto no papel? Então conheça o programa de inovação e criação Foto+Produto: P.I.C. Foto+Produto

Foto profissional grátis de colagem, foto de filme, fotografia analógica