Participe do SIM. Semana do Imaginário Materno!

Banlek: o app para o fotógrafo ganhar dinheiro com fotografia

Aplicativo lançado em 2020 cresceu e vem ajudando profissionais a faturarem com fotos de forma prática, rápida e segura

Banlek surgiu no começo de 2020 e já com destaque na mídia. O aplicativo apareceu em matérias da Record e Globo. Aliás, foi assim que a FHOX teve contato com a ferramenta destacando nessa matéria que teve alto índice de audiência aqui no site. De lá para cá (e mais de 1 ano e meio de pandemia depois) Banlek cresceu em várias regiões do Brasil. Depois da apresentação de Jonathas Guerra (sócio e desenvolvedor) ficou fácil entender o motivo. Jonathas é aquele estilo que se preocupa com os clientes e quer vê-los crescendo e faturando junto com o app. Banlek funciona nas duas plataformas de aplicativos (iOs e Android) e segundo a empresa já conta com fotógrafos em várias partes do Brasil. Ao fotógrafo basta se cadastrar no site da Banlek e sendo aprovado o processo para vender e faturar é rápido. “Eu cuido da parte de pagamentos, dou segurança e tecnologia disponível para os fotógrafos. Eles só precisam se preocupar em fotografar” disse Jonathas. Esse diferencial da conveniência, segurança e rapidez atraiu fotógrafos de estilos variados. As definições de regras do serviço e como quer interagir com os clientes fica a critério do profissional. Da mesma forma a agenda e os valores. O que a plataforma faz é integrar e agilizar todo o processo. Os fotógrafos tem ainda estímulos para vendas. Quando atingem determinadas metas de clientes vendidos ganham mimos como cartão de visita, camisetas e outros presentes que são úteis para os profissionais. 

Plataforma para Vender Fotos - Conheça o App Banlek - Blog de Fotografia

Taxas competitivas e agilidade no pagamento – Um dos pontos altos do Banlek é a taxa cobrada pelas vendas realizadas. É a única do mercado cobrando menos de 10% e com a vantagem do fotógrafo poder sacar os valores muito rapidamente e quando quiser sem ter taxas adicionais para fazer isso. Para os clientes o aplicativo fica disponível grátis nas duas lojas de apps da Apple e Google. Contudo, o próprio fotógrafo pode fazer uma abordagem demonstrando a aplicação para possíveis clientes. A liberação dos trabalhos fotográficos ocorre mediante o pagamento com o cliente tendo acesso aos arquivos em alta. O cliente que entra na ferramenta pode buscar um fotógrafo de eventos ou de nichos específicos. Jonathas conta que os fotógrafos que estão indo bem na plataforma entenderam a dinâmica de fazer uma oferta e aproveitar o momento com inversão de risco. Ou seja, oferecer o serviço grátis e se a pessoa gostar ela compra as imagens. Na verdade, esse comportamento é um clássico de estúdios fotográficos que ofereciam a degustação e faturaram com as vendas por impulso de crianças e retratos de família. O modelo é similar, mas agora adaptado para essa nova fase em que todos têm um smartphone na mão. E o futuro? Além de seguir crescendo com a adesão de mais fotógrafos pelo país, Jonathas  imagina poder oferecer novos serviços. O fato é que o e-commerce não para de crescer no Brasil. Só no último trimestre as vendas online cresceram mais de 40% por aqui. E lembrando que já temos mais smartphones do que brasileiros. Logo, atuar de olho em aplicações como o que a Banlek oferece faz todo sentido. Aliás, serviços semelhantes como esse não param de crescer no mercado internacional. No fim, vai além do perfil “Uber” de fotografia, já que cada fotógrafo pode ter seu próprio estilo sem ter que seguir um padrão de imagens da ferramenta. Conheça: banlek.com

Entrevista com Jonathas Guerra da Banlek:

 FHOX – Por que criou Banlek? 

Jonathas Guerra – A Banlek foi criada para resolver uma dor que eu pessoalmente senti como fã da fotografia: ter fotos profissionais de momentos especiais! A Banlek nasceu em 2020 após um ano de pesquisa e desenvolvimento, operando com base no princípio do serviço on-demand em fotografia.

FHOX – como funciona e qual a vantagem para fotógrafos?

Jonathas Guerra – Conectamos fotógrafos e clientes, e automatizamos todos os processos por trás para os fotógrafos, como gestão de álbuns, financeiro e atendimento ao cliente.

Assim o fotógrafo pode focar no que realmente importa: fotografar!

Algumas vantagens de ser um fotógrafo parceiro da Banlek

– Menor taxa garantida (9%)

– Site personalizado grátis

– Cartão de visita Grátis

– Atendimento profissional para seus clientes

– Aceite todas as formas de pagamentos

– Saques ilimitados via PIX

– Álbum público, não listado e privado

– Ferramenta de Marketing

FHOX – Quanto custa e como usar? É fácil?

Jonathas Guerra – Para começar a usar não custa nada, o fotógrafo só paga a comissão se ele vender através da plataforma.

É muito simples começar a fotografar com a Banlek, basta criar o perfil de fotógrafo, pegar a câmera e começar a fotografar e faturar com as vendas!

FHOX – o que espera para o app nesse segundo semestre?

Jonathas Guerra – Queremos para o segundo semestre dobrar o número de fotógrafos parceiros e expandir nossas atividades para outros segmentos da fotografia.

FHOX – como faz para testar?

Jonathas Guerra – Basta acessar banlek.com, fazer o cadastro, criar o perfil de fotógrafo e acessar o painel do fotógrafo.

FHOX – Como os fotógrafos estão usando?

Jonathas Guerra – Hoje os fotógrafos que mais conseguem faturar com a Banlek fez a inversão de risco:

– O fotógrafo procura um ponto, por exemplo: Lagoa Rodrigo de Freitas, onde tem um grande fluxo de pessoas praticando os mais diversos esportes

– Ao fotografar as pessoas eles dão cartões e explica que depois as fotos estarão disponíveis para compra no App Banlek

– Depois é só tratar e fazer o upload das fotos em um álbum

PS: é muito importante avisar ao cliente onde estarão as fotos, para ele saber onde comprar, então entregar o cartão ou divulgar seu link no Perfil do Instagram faz toda a diferença!

FHOX – Algum outro comentário?

Jonathas Guerra – Na verdade vou deixar esse comentário para um de nossos fotógrafos parceiros:

Rodrigo Molina – https://banlek.com/rodrigomolina

“Trabalhando com o Banlek, eu me sinto, acima de tudo, respeitado e valorizado como profissional. A plataforma é super parceira dos fotógrafos, não só por cobrar a menor comissão do mercado, mas também por oferecer todo o suporte a nós profissionais e sobretudo aos clientes. Com o Banlek cuidando das vendas das minhas fotos, me sobra mais tempo para fotografar e editar, enfim, produzir!

E o mais legal da plataforma é que ela não se reduz a só um nicho da fotografia. As oportunidades de trabalho são inúmeras. Isso sem falar em todas as vantagens de se trabalhar por conta própria.”

A matéria na Record antes da pandemia no começo de 2020. Destaque na mídia televisiva e em importante portais de notícias.