Negócios 5 meses atrás | Leo Saldanha

Adobe se envolve em mais uma polêmica

Empresa disse que os usuários que trabalham com versões antigas estão expostos a processos judiciais e devem abandonar esses programas ou assinar as versões mais recentes

por Revista FHOX

O caso repercute em sites de tecnologia daqui e de fora. A Adobe avisou aos usuários que usam versões desatualizadas do CC não estariam mais disponíveis. E mais: que eles esses mesmos clientes usando programas antigos podem estar expostos a denúncias de terceiros por violações. Algo que implicaria até em uma possível ação judicial. A empresa disse ainda que o correto é usar as versões mais recentes pois elas desempenham melhor e oferecem diversas vantagens. Vale lembrar que a Adobe aumentou o preço da assinatura do pacote CC para fotografia passando para 43 reais. O aviso enviado pela empresa digital para quem usa versões antigas traz a informação que esses clientes não podem mais usar os aplicativos CC e que devem atualizar seus programas.

Segundo sites de fora, a Adobe não comenta que possíveis ações e reclamações podem ocorrer porque o processo já está em andamento na justiça e sob sigilo. Especulações levam a crer que seria um ação da Dolby contra a Adobe por violação de direitos autorais. Ou seja, talvez seja essa a explicação para esse imbróglio. A Vice disse que a Adobe está alertando esses donos de aplicativos em versões antigas que eles serão processados e que esse é só mais um exemplo de como nessa nova era de acesso você não é verdadeiramente dono daquilo que você paga para assinar. O aviso da marca foi para usuários de programas populares como Lightroom, Photohop, Premiere e outros. A carta enviada pela Adobe  para esses usuários avisa que eles não estão mais autorizados a usar legalmente o programa que compraram.

Viu essa? Nova turma da Escola de Negócios FHOX no fim de maio

“Recentemente descontinuamos certas versões antigas de aplicações do Creative Cloud e como resultado, sob os termos de serviço com que você concordou, você não está mais licenciado para usá-los”, diz a Adobe num e-mail. “Esteja consciente de que se continuar usando as versões descontinuadas, você está sob risco de ser processado por infrações de terceiros.”

Numa declaração para a Motherboard, a Adobe confirmou a autenticidade das cartas, mas não forneceu mais detalhes além do que está incluído nas notificações. Obviamente a decisão da Adobe não agradou gerando muitos comentários negativos e uma boa dose de humor com um festival de memes.

Para quem não tem outra alternativa restou só a brincadeira…

Leia também: FHOXCast em nova fase

>>Movimento Imprimir: sem foto no papel não existe futuro para o mercado fotográfico

Se você tem uma matéria, um relato, uma coluna, um tutorial ou qualquer outro tipo de conteúdo e quer contribuir com o FHOX.com.br, nos envie! Nosso departamento de redação vai analisar e, se aprovado, será publicado e assinado por você, respeitando todas as regras do direito autoral. Colabore clicando aqui: Você na FHOX.