Smartfhox 3 anos atrás | Redação

Aplicativo complica a vida de quem fotografa com smartphone

Aestheticam traz interface inspirada no design dos anos 80 e 90. O resultado é inusitado e divertido

por Revista FHOX
Untitled-2
As telas do aplicativo

Nick Lee, criador do aplicativo Aestheticam, definiu como a ferramenta com a pior experiência para quem curte fotografar com smartphone. Aliás, Lee também apareceu em destaque faz pouco tempo por conseguir rodar Windows 95 em um Apple Watch.

Já no no caso do Aestheticam tudo foi criado de forma proposital para complicar a vida do usuário que gosta de fotografar com iPhone. A ideia é que a interface seja complexa, pouco intuitiva. Lee é um designer com larga experiência em aplicativos para iOS (Aestheticam só funciona na plataforma e é grátis). Todos os ícones são mal posicionados e com visual retro (tem até um Josef Stalin no design).

Untitled-4

A FHOX testou e de fato é bem difícil clicar com o aplicativo. Chega a ser irritante. Existem muitas etapas com vários botões e telas estranhas. Depois de clicar dá para compartilhar as fotos nas redes sociais. Detalhe: as fotos não ficam boas propositalmente.

Curiosamente, Aestheticam garantiu ótimas avaliações na App Store. Na descrição está escrito: “Aestheticam foi criado com um simples objetivo em mente: ser a pior câmera possível para iOS”. Talvez esse apelo divertido ajude a fazer sucesso. Quer testar? Acesse AESTHETICAM.